Dourados – MS quinta, 24 de junho de 2021
Dourados
28º max
17º min
Mãos
Pets

Secretário descarta filiação de Barbosinha ao PSDB

01 Mar 2016 - 06h00
PSDB realizou encontro regional sábado em Naviraí; sexta-feira será em Dourados. - Crédito: Foto: Fernando OrtegaPSDB realizou encontro regional sábado em Naviraí; sexta-feira será em Dourados. - Crédito: Foto: Fernando Ortega
Apesar de integrar a base de apoio do governador Reinaldo Azambuja na Assembleia Legislativa, o alto tucanato isolou o deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSB), em seu projeto ousado visando eleger maioria de prefeitos e vereadores em Mato Grosso do Sul nas eleições municipais de outubro.

 
O desejo de Barbosinha era disputar a Prefeitura de Dourados, onde o PSDB deve lançar a candidatura do ex-deputado federal Marçal Filho. A expectativa era que Barbosinha também se filiasse ao partido, para onde já foi o colega Beto Pereira (ex-PDT) e vão assinar a ficha na próxima quinta-feira (3) os deputados Maurício Picarelli (PMDB) e Mara Caseiro (PMB).


Há dias, o próprio Barbosinha deixou claro que só iria para o ninho dos tucanos caso tivesse o apoio do governador Reinaldo Azambuja para disputar à sucessão do prefeito Murilo Zauith (PSB). 


Apesar de ter o apoio de Murilo Zauith e do deputado estadual Zé Teixeira (DEM), o socialista é de dentro da cozinha do ex-governador André Puccinelli (PMDB), de quem foi o diretor-presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), durante o mandato do líder peemedebista.  


Além do ato político que o PSDB marcou para esta quinta-feira, onde ocorrerá a filiação de Picarelli, Mara Caseiro, vereadora Magali Picareli (PMDB) e outros vereadores no Grand Park Hotel, em Campo Grande, o partido reservou a Câmara de Dourados para promover encontro regional na sexta-feira.


No entanto, a filiação de Barbosinha está descartada, conforme garantiu o secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), ao portal Conjuntura Online.


Questionado sobre a eventual adesão do douradense, o principal articulador político do governador Reinaldo Azambuja disse que apenas Picarelli e Mara vão assinar a ficha de filiação ao PSDB esta semana.


Nas rodinhas políticas douradenses, os comentários dão conta sobre o ingresso do socialista no ninho tucano, fato, no entanto, descartado pelo chefe da Casa Civil. O PSDB enfrentará o deputado federal Geraldo Resende (PMDB) e a vereadora Délia Razuk (PR) no próximo pleito em Dourados.

Encontros regionais 


Para se organizar visando a campanha eleitoral deste ano, a cúpula do PSDB resolveu promover uma série de encontros regionais. O primeiro ocorreu sábado, na cidade de Naviraí, e o segundo será nesta sexta-feira, em Dourados.


Nesses encontros, além das eleições, os dirigentes e militantes do PSDB discutem também a legislação eleitoral e a conjuntura dos municípios com lideranças políticas, vereadores, prefeitos e pré-candidatos que deverão submeter seus nomes à disputa de outubro.


Ao discursar, em Naviraí, o deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa, abordou e enalteceu as modificações ocorridas na legislação eleitoral, que já estarão vigentes para o próximo pleito.


Dentre outros tópicos, a nova lei eleitoral vedou o financiamento de campanhas por empresas privadas, alterou o prazo mínimo de filiação para o cidadão que deseja ser candidato (de 1 ano para 6 meses) e reduziu a campanha eleitoral para 45 dias, a qual somente poderá ser iniciada a partir do dia 16 de agosto.


Onevan destacou que a principal consequência das modificações na legislação é a maior proximidade entre os candidatos e os eleitores. “O político precisará, necessariamente, estar atento aos anseios da população, dialogar, propor mudanças e, essencialmente, promover ações que cumpram com o voto de confiança recebido nas urnas”, clocou.


Ele citou como exemplo a eleição do governador Reinaldo Azambuja, que idealizou e coordenou os projetos “Pensando Campo Grande” e “Pensando Mato Grosso do Sul” como alicerces políticos e de planejamento de suas duas últimas campanhas – Reinaldo quase chegou ao segundo turno das eleições de 2010 na Capital e, posteriormente, foi eleito governador em 2014.


“Não dá para negar que o país está vivendo uma crise político-econômica, de modo que os candidatos precisam estar preocupados em apresentar soluções e o PSDB, neste sentido, tem um compromisso com os municípios, com Mato Grosso do Sul e com o Brasil”, complementou.


Onevan aproveitou a realização do encontro regional para convidar cidadãos e lideranças para se filiarem ao PSDB, inclusive aqueles que têm o legítimo interesse de colocar os seus nomes como eventuais candidatos nas eleições 2016.


O PSDB recebeu a filiação partidária do jovem empresário Elton Vinícius Capuci, que, em razão de seu perfil empreendedor, poderá ser o nome do partido para a disputa da prefeitura de Naviraí.


“O PSDB nasceu oriundo do desejo de grandes lideranças políticas nacionais – como Mário Covas, Franco Montoro, Fernando Henrique Cardoso, Aécio Neves, José Serra, dentre outros – do exercício pleno da democracia e da soberania popular. O PSDB de Naviraí chegará forte nas próximas eleições, com candidatos comprometidos com nossa cidade, como é, por exemplo, o perfil do Elton Capuci”, disse Onevan.


O encontro reuniu lideranças políticas, vereadores e prefeitos dos municípios de Mundo Novo, Juti, Eldorado, Japorã, Iguatemi, Itaquiraí e, também, da cidade anfitriã.


O presidente regional do PSDB, Márcio Monteiro, compôs a mesa de autoridades, juntamente Onevan, o secretário Sérgio de Paula, o prefeito Ricardo Fávaro (Itaquiraí), os vereadores Donizete Nogueira e Deoclécio Zeni (Naviraí) e o presidente municipal do PSDB, Eugênio Guedes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rússia produz primeiro lote de vacina contra covid-19 para animais
Ciência e Medicina

Rússia produz primeiro lote de vacina contra covid-19 para animais

30/04/2021 11:30
Rússia produz primeiro lote de vacina contra covid-19 para animais
Últimas Notícias