Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
Pets

Reinaldo diz ter cumprido 65% das metas prometidas

03 Mar 2016 - 06h00Por Do Progresso
Reinaldo Avambuja apresentará balanço na próxima segunda. - Crédito: Foto: DivulgaçãoReinaldo Avambuja apresentará balanço na próxima segunda. - Crédito: Foto: Divulgação
Depois de ter recebido o governo do Estado com dívidas milionárias, salários em atraso e obras inacabadas, inclusive a do emblemático Centro de Estudos e Pesquisa da Ictiofauna Pantaneira, denominado Aquário do Pantanal, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) garante ter cumprido 65% do seu planejamento inicial em Mato Grosso do Sul.


Além dos mais de R$ 7,3 bilhões como parte da dívida do Estado com a União e outras despesas pesadas deixadas pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB), a ‘herança’ inclui até o aumento do duodécimo dos poderes e o reajuste dos salários dos professores da Rede Estadual de Ensino, aprovados no apagar das luzes pela Assembleia Legislativa.


Com custo estimado em R$ 170 milhões (em valores de novembro de 2014), o Aquário do Pantanal é a maior obra pública que André Puccinelli deixou inacabada porque a empreiteira responsável pelo empreendimento não deu conta de terminar em outubro daquele ano, como previa o projeto.


Inicialmente, a obra do Aquário do Pantanal estava orçada em R$ 84,749 milhões. No entanto, o próprio ex-governador alegou que foi preciso gastar mais dinheiro por conta de algumas adaptações.


Depois de muito impasse e idas e vindas em mesas de negociações, a Egelte Engenharia, que começou a construir o Aquário do Pantanal em 2011, mas que foi retirada da obra em 14 de março de 2014, pede R$ 40 milhões a mais ao governo do Estado para poder reassumir e finalizar o empreendimento.


O governo admite pagar até R$ 30 milhões para concluir o empreendimento. Esta diferença de R$ 10 milhões é motivo de novo impasse.


Esses e outros dados serão apresentados na próxima segunda-feira (7), quando o governador fará o balanço de seu primeiro ano de administração no auditório Germano Barros de Souza, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, às 14h30, em Campo Grande.


Além de fazer o balanço das realizações do primeiro ano de mandato, o governo fará a pactuação com as secretarias estaduais das ações prioritárias para os próximos meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos
Em MS

Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos

17/09/2020 09:23
Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos
Projeto obriga síndico a comunicar maus-tratos de animais em condomínios
Brasil

Projeto obriga síndico a comunicar maus-tratos de animais em condomínios

15/09/2020 11:33
Projeto obriga síndico a comunicar maus-tratos de animais em condomínios
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Senado aprova aumento de pena para agressores de cães e gatos
Maus-tratos

Senado aprova aumento de pena para agressores de cães e gatos

10/09/2020 13:38
Senado aprova aumento de pena para agressores de cães e gatos
Tutores de animais de estimação devem ficar atentos a produtos de limpeza
Pets

Tutores de animais de estimação devem ficar atentos a produtos de limpeza

03/09/2020 12:03
Tutores de animais de estimação devem ficar atentos a produtos de limpeza
Últimas Notícias