Dourados – MS sexta, 03 de julho de 2020
Dourados
20º max
min
Pets

Primeiro dia de greve no HU atinge 10% dos serviços

01 Jul 2011 - 20h30
Pacientes do HU por enquanto não sentiram a greve  dos técnicos administrativos no HU - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOPacientes do HU por enquanto não sentiram a greve dos técnicos administrativos no HU - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – O primeiro dia de greve no maior hospital do interior do Estado, que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS), foi bastante tranqüila e passou quase despercebido pela maioria da população que procurou a instituição ontem.

Segundo o comando de greve, nesta sexta-feira, a paralisação parou apenas funcionários dos setores administrativos. Nenhum funcionário do setor clínico aderiu a greve por enquanto.

Como a decisão foi de atingir 50% dos 500 técnicos administrativos, o comando de greve informou que nos próximos dias os setores clínicos serão atingidos.

Uma das possibilidades é que os leitos que estão sendo desocupados com a alta dos pacientes não sejam ocupados novamente, a não ser em casos graves. Um dos integrantes do comando de greve, Franz Maciel explica que será estudado caso a caso. “Estamos tomando o máximo de cuidado, pois é a primeira greve que atinge o hospital e sabemos que o fluxo de pacientes é bastante grande”, destacou.

Os grevistas adiantaram que os setores onde ficam a maternidade, o Centro Obstétrico, a UTI neonatal, a Unidade de Cuidados Intermediarios (UCI) e Unidade Intensiva (UI) não serão prejudicados.

A greve dos técnicos administrativos do HU vai acompanhar a paralisação dos técnicos da UFGD, que aderiram no dia 15 de junho. Na universidade são cerca de 200 funcionários em greve. No Brasil, técnicos administrativos de 47 universidades federais cruzaram os braços há 25 dias por melhores salários.

De acordo com a Federação de Sindicatos de Trabalhadores em Educação das Universidades Brasileiras (Fasubra), a reivindicação é o reajuste em pelo menos três salários mínimos. De acordo com a coordenadora-geral da entidade, Léia Oliveira, hoje os servidores recebem R$ 1.034. Uma das reivindicações é que a próxima Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) já traga a previsão do reajuste.

O risco, no caso de uma greve prolongada, é que o início do próximo semestre fique comprometido, já que não há como processar as matrículas se as áreas administrativas estiverem fechadas.

ANIVERSÁRIO

Os servidores técnicos administrativos da UFGD que estão em greve desde o dia 15 de junho, cortaram um bolo, que simbolizou o aniversário do governador André Puccinelli, mas como uma forma de chamar a atenção para a duplicação da Rodovia Guaicurus.

O bolo foi doado por um empresário de Dourados e tinha como temática a duplicação da Avenida Guaicurus. A decoração do bolo teve uma pista, que simbolizava a Guaicurus, feita de chocolate e as velinhas representaram as luminárias, motivos de tantas reivindicações. A duplicação da Avenida Guaicurus é uma reivindicação de toda comunidade douradense.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias