Dourados – MS sexta, 10 de julho de 2020
Dourados
26º max
10º min
Pets

Petistas de MS usam internet para defender permanência de Dilma

07 Dez 2015 - 07h00
Deputado federal compartilhou em sua página no Facebook poste da direção nacional do PT sobre pedido de impeachment. - Crédito: Foto: DivulgaçãoDeputado federal compartilhou em sua página no Facebook poste da direção nacional do PT sobre pedido de impeachment. - Crédito: Foto: Divulgação
O processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, aberto na semana passada pela Câmara dos Deputados mobilizou petistas em Mato Grosso do Sul, contrários aos que consideram um golpe da oposição, liderada pelo presidente da Mesa Diretora da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), como estratégia para livrá-lo da cassação de seu mandato.


O deputado federal Zeca do PT faz campanha na internet contra o processo de impeachment da presidente, aberto na Câmara por autorização de Cunha.


Zeca usa as redes sociais para defender a correligionária. “Todos têm o direito de protestar, mas esses atos ainda são daqueles que perderam pela quarta vez e não aceitam a derrota””, diz uma das postagens do ex-governador, na qual aparece em uma fotografia atuando na Câmara dos Deputados. Recentemente, Zeca do PT compartilhou em sua página no Facebook poste da direção nacional do PT de matéria intitulada “Dilma: Vou lutar contra o impeachment porque tenho compromisso com o Brasil”.


A nota se refere às últimas declarações da presidente, na sexta-feira (4), nas quais, ela diz que vai lutar contra o pedido de impeachment, pois tem um compromisso com a população que a elegeu. Além disso, ela reafirmou, durante discurso na 15ª Conferência Nacional da Saúde, que “nada fez que justifique” o pedido acatado por Eduardo Cunha.


“Eu vou lutar contra esse pedido de impeachment, porque nada fiz que justifique esse pedido, porque tenho um compromisso com a população desse país que me elegeu”, declarou a presidenta, ao reforçar que utilizará todos os direitos previstos para fazer a defesa do mandato.


“Eu reafirmo aqui o que eu disse na quarta-feira. As razões que fundamentam essa proposta são inconsistentes e são improcedentes. Eu não cometi nenhum ato ilícito, nenhum ato ilícito previsto na Constituição. Não tenho conta na Suíça e não tenho, na minha biografia, nenhum ato de uso indevido do dinheiro público”, enfatizou Dilma.


Para Dilma, o atual momento é de renovar princípios e a luta pela democracia. “Não vamos nos enganar. O que está em jogo agora são as escolhas políticas que nós fizemos nos últimos 13 anos”, afirmou.


“Vou continuar dialogando com todos os segmentos da sociedade para mostrar que essa luta não é em favor de uma pessoa, partido ou grupo de partidos. É uma luta em defesa da democracia desse país”, completou a presidenta.


Na avaliação da presidenta, a luta contra o impeachment também representa a luta em respeito das instituições, pela continuidade do projeto que tem mudado a vida dos brasileiros nos últimos anos, desde o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


“São 13 anos em favor da soberania do Brasil, em defesa sistemática do povo brasileiro, do emprego e da renda. Vou lutar para fazer esse país voltar a crescer, gerar emprego e garantir recursos para nossas políticas sociais”, disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias