Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
Pets

Mara Caseiro desiste de candidatura à prefeitura e acerta ida para o PSDB

25 Fev 2016 - 06h00
Mara deve anunciar oficialmente sua ida ao ninho dos tucanos até o fim do mês. - Crédito: Foto: DivulgaçãoMara deve anunciar oficialmente sua ida ao ninho dos tucanos até o fim do mês. - Crédito: Foto: Divulgação
A deputada estadual Mara Caseiro (PMB) decidiu abrir mão de sua candidatura à Prefeitura de Campo Grande depois de acertar a sua ida para o PSDB a convite do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja.


Reeleita pelo PTdoB em 2014, a deputada teve uma passagem meteórica pelo PMB (Partido da Mulher Brasileira), do qual recebeu espaço para concorrer à sucessão do prefeito Alcides Bernal (PP). No entanto, deve anunciar oficialmente sua ida ao ninho dos tucanos até o fim do mês, dentro do prazo fixado pela “janela partidária”.


A filiação de Mara Caseiro ao PSDB foi confirmada por interlocutores do governo. Ele chega ao partido após uma investida bem sucedida do secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), principal articulador político do governador.


Com adesão, o PSDB amplia a sua bancada para seis representantes, incluindo o nome de Mara Caseiro e dos correligionários Rinaldo Modesto, Onevan de Matos, Angelo Guerreiro, Flávio Kayatt e Beto Pereira.


À imprensa, a deputada confirmou o convite e que ainda estuda a proposta de filiação, mas a adesão já está confirmada. Além de Mara Caseiro, o PSDB aguarda uma resposta do deputado estadual Maurício Picarelli (PMDB).


Mara Caseiro ocupará funções importantes dentro do esquema estratégico montado pela cúpula tucana em Mato Grosso do Sul, quer seja na Assembleia ou dentro do partido.


A desistência da deputada de concorrer à prefeitura abre mais espaço ainda para o PSDB, que trabalha forte no sentido de eleger o sucessor de Alcides Bernal nas eleições de outubro. O nome da vice-governadora Rose Modesto é visto como a principal opção no ninho tucano.

Duro golpe


Caso o peemedebista aceita o convite do governador Reinaldo Azambuja para integrar a bancada tucana na Assembleia Legislativa, o PSDB ultrapassará a do PMDB na Casa, atualmente com seis representantes. Para analistas, a eventual saída de Picarelli do PMDB representa um duro golpe no partido liderado pelo ex-governador André Puccinelli, cuja bancada é majoritária na Casa e deve refletir lá na frente na disputa pelo comando da Mesa Diretora, hoje sob o comando do deputado Júnior Mochi (PMDB).


Além de Picarelli e Mochi, a bancada do PMDB é composta pelos deputados Marquinhos Trad, que também deve sair para o PSD, Eduardo Rocha, Renato Câmara e Antonieta Amorim.


A baixa no PMDB será recompensada com a filiação do deputado Márcio Fernandes, reeleito pelo PTdoB.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos
Em MS

Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos

17/09/2020 09:23
Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos
Projeto obriga síndico a comunicar maus-tratos de animais em condomínios
Brasil

Projeto obriga síndico a comunicar maus-tratos de animais em condomínios

15/09/2020 11:33
Projeto obriga síndico a comunicar maus-tratos de animais em condomínios
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Senado aprova aumento de pena para agressores de cães e gatos
Maus-tratos

Senado aprova aumento de pena para agressores de cães e gatos

10/09/2020 13:38
Senado aprova aumento de pena para agressores de cães e gatos
Tutores de animais de estimação devem ficar atentos a produtos de limpeza
Pets

Tutores de animais de estimação devem ficar atentos a produtos de limpeza

03/09/2020 12:03
Tutores de animais de estimação devem ficar atentos a produtos de limpeza
Últimas Notícias