Dourados – MS quarta, 21 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Pets

Lei obriga ônibus parar em todo ponto após as 22h

12 Jul 2011 - 22h26
Lei de Grazielle Machado obriga coletivo atender passageiro - Crédito: Foto : DivulgaçãoLei de Grazielle Machado obriga coletivo atender passageiro - Crédito: Foto : Divulgação
CAMPO GRANDE - Após as 22h, o motorista do transporte coletivo é obrigado a parar em qualquer lugar do trajeto, solicitado pelo usuário. Na teoria, a Lei Municipal nº 3.037 de 22 de março de 1994, de autoria do ex-vereador Guy Machado já existe. Mas, na prática o desconhecimento tanto por parte da população, como dos funcionários das empresas de transporte coletivo continuam causando transtornos aos usuários.

A atitude deve mudar. Aprovado ontem, por unanimidade do plenário, o Projeto da vereadora Grazielle Machado (PR) determina a obrigatoriedade por parte das empresas de transporte coletivo urbano a afixarem dentro dos ônibus, placas ou cartazes informando que os motoristas são obrigados a realizar embarques e desembarques em qualquer lugar do percurso normal após as 22h. A ideia é informar, tanto aos funcionários como aos usuários do transporte coletivo urbano sobre o benefício instituído por lei.




DESCONHECIMENTO



A determinação já é realidade na capital há mais de 16 anos, mas ainda hoje a população desconhece a legislação vigente. A universitária de 20 anos, Nathalia Freitas de Souza diz que a falta de informação ainda é a negativa. "Acho que nem os motoristas de ônibus têm conhecimento da lei", destaca. Grazielle Machado argumenta que a relevância da lei é indiscutível e mesmo tendo mais de 16 anos de vigência é praticamente desconhecida entre os cidadãos, principalmente entre os que utilizam transporte coletivo.


O estudante Willian Ferreira, 16 anos, morador da aldeia Marçal de Souza nunca ouviu falar na medida. "Nunca nem ouvi falar que o motorista é obrigado a parar, acho a lei totalmente favorável aos estudantes, que passam por várias situações de medo na hora de voltar para casa", diz ele, completando que vai cobrar dos motoristas da capital o cumprimento da determinação.

Com a nova determinação, a vereadora Grazielle Machado passará a cobrar a afixação dos cartazes informativos na frota de mais de 500 ônibus coletivo de Campo Grande, que beneficiará diretamente 300 mil usuários/dia. A proposta passará pela votação em segundo turno, antes de seguir para sanção do prefeito Nelson Trad Filho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto proíbe a venda de medicamentos "anti-cio” para uso em cadelas e gatas
Projeto de Lei

Projeto proíbe a venda de medicamentos "anti-cio” para uso em cadelas e gatas

16/10/2020 17:46
Projeto proíbe a venda de medicamentos "anti-cio” para uso em cadelas e gatas
Brasil

Outubro Rosa Pet alerta para câncer de mama em cadelas e gatas

13/10/2020 11:06
Homem é preso em Bonito por maus tratos a animais
Maus-tratos

Homem é preso em Bonito por maus tratos a animais

05/10/2020 09:45
Homem é preso em Bonito por maus tratos a animais
Protetoras de animais encontram gata morta pendurada em frente à residência
Bodoquena

Protetoras de animais encontram gata morta pendurada em frente à residência

29/09/2020 15:45
Protetoras de animais encontram gata morta pendurada em frente à residência
Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos
Em MS

Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos

17/09/2020 09:23
Prefeitura arcará com castração e vacinas de gatos e cães acolhidos
Últimas Notícias