Dourados – MS sexta, 03 de julho de 2020
Dourados
20º max
min
Pets

Felipe Orro analisa convite para ingressar no PSDB

09 Mar 2016 - 06h00
Deputado estadual Roberto Orro ainda não decidiu se vai trocar o PDT pelo PSDB. - Crédito: Foto: DivulgaçãoDeputado estadual Roberto Orro ainda não decidiu se vai trocar o PDT pelo PSDB. - Crédito: Foto: Divulgação
O PSDB foi o partido que mais se beneficiou em Mato Grosso do Sul com a emenda da "Janela Partidária", abertura que dá o direito de parlamentares mudarem de partido num prazo de 30 dias sem correr o risco de perda de mandato. Os deputados estaduais Beto Pereira (ex-PDT), Maurício Picarelli (ex-PMDB) e Mara Caseiro (ex-PMB) filiaram-se ao partido do governador Reinaldo Azambuja, que agora mira no pedetista Felipe Orro.


Orro, no entanto, mantém silêncio absoluto sobre sua possível ida para o "ninho tucano" até o fechamento da janela partidária, previsto para sexta-feira (18) da próxima semana. 


A reportagem apurou que o deputado representante de Aquidauana analisa essa possibilidade, mas pode permanecer nos quadros do PDT do deputado federal Dagoberto Nogueira, caso os entendimentos não prosperem.


Se a filiação de Orro vingar, a bancada do PSDB na Assembleia Legislativa passará a contar com 8 representantes, a maior da Casa.

Troca-troca


Dentro das articulações em torno do troca-troca de partidos, o PMDB ganhou a adesão do deputado estadual Márcio Fernandes, que abandonou o PTdoB, partido pelo qual foi reeleito em 2014. Ao mesmo tempo, o parlamentar deu fim a representatividade do partido na Assembleia, que já havia perdido Mara Caseiro para o PSDB.


Por outro lado, o comando regional do PSD marcou para o próximo sábado (12) o ato de filiação do deputado estadual Marquinhos Trad, que deixou o PMDB depois de 13 anos de militância.


A intenção é que no mesmo ato o partido lance a candidatura de Marquinhos  à sucessão do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).


A exemplo de seus irmãos, ex-prefeito da Capital, Nelsinho Trad, e o ex-deputado federal Fábio Trad, Marquinhos deixa o PMDB descontente com a postura de seus principais líderes durante o último pleito.


Apesar disso, o deputado disse, em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, ao anunciar a sua desfiliação do PMDB, que sai de cabeça erguida e sem rusga com os ex-correligionários mesmo depois de uma convivência marcada por divergências.


De acordo com a cúpula do PSD, controlado pelo ministro Gilberto Kassab (Cidades), ex-prefeito de São Paulo, o ato de filiação de Marquinhos ocorrerá  durante o primeiro encontro do ano do partido, às 9h, no plenário da Câmara de Vereadores de Campo Grande.


Marquinhos  será o primeiro deputado a exercer mandato pelo PSD na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e deve atuar de forma solitária, isso porque o partido não terá as mesmas prerrogativas de uma bancada na Casa, o que só deve ocorrer na eventualidade de ganhar mais uma adesão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias