Dourados – MS quarta, 05 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Pets

Deputados aprovam dois projetos de lei e analisam três vetos do Executivo

18 Fev 2016 - 07h00
Parlamentares mantiveram três vetos do Poder Executivo na sessão ordinária de ontem. - Crédito: Foto: Victor ChilenoParlamentares mantiveram três vetos do Poder Executivo na sessão ordinária de ontem. - Crédito: Foto: Victor Chileno
Na sessão de ontem (17), durante a Ordem do Dia, os parlamentares aprovaram dois projetos de lei e mantiveram três vetos encaminhados pelo Poder Executivo. Entre os aprovados encontra-se o Projeto de Lei 145/2015, de autoria do deputado estadual José Carlos Barbosinha (PSB), que dispõe sobre a obrigatoriedade das instituições financeiras informarem ao consumidor as fraudes mais frequentes relacionadas aos seus serviços. A proposta foi aprovada em 2ª votação e o projeto segue para sanção ou veto do governo do Estado.


O autor do projeto justificou que “vivemos em uma época tecnológica, onde as fraudes ocorrem com frequência e em grandes diversidades, principalmente pela facilidade de acessos ofertados no mundo virtual. Atualmente na internet uma das práticas mais comuns tem sido o envio de vírus e programas maliciosos através de e-mails fraudulentos”, salientou o parlamentar.


Ainda em 2ª discussão e votação também foi aprovado o PL 150/2015, de autoria do deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), que cria o Programa de Apoio Técnico aos municípios para eficientização da arrecadação aos tributos municipais, em especial o Imposto sobre Serviço (ISS).

Vetos


O governo do Estado vetou, de forma parcial, o Projeto de Lei 104/2015, de autoria do deputado estadual José Carlos Barbosinha (PSB), que dispõe sobre a obrigatoriedade dos postos de combustíveis em informar ao consumidor se a gasolina comercializada é formulada ou refinada.


De acordo com o autor o veto foi com relação ao fechamento dos postos em situação irregular. O governo do Estado entendeu que se aplica multa e demais penalidades, mas sem fechar o estabelecimento. Os parlamentares mantiveram o veto do governo.


Também foi mantido o veto total ao PL 116/2015, de autoria do deputado estadual Paulo Corrêa (PR), que estabelece condutas necessárias no atendimento aos pacientes crônicos a que se refere. Outro veto total mantido pelos parlamentares foi com relação ao PL 99/2015, de autoria do deputado Pedro Kemp (PT), que dispõe sobre medidas de prevenção e combate ao abuso sexual de mulheres nos meios de transporte coletivo, no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CCZ segue com vacinação antirrábica sábado na Seleta e escola Aurora
Vacina Antirrábica

CCZ segue com vacinação antirrábica sábado na Seleta e escola Aurora

24/07/2020 13:04
CCZ segue com vacinação antirrábica sábado na Seleta e escola Aurora
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias