Dourados – MS quinta, 13 de agosto de 2020
Dourados
26º max
16º min
Segurança e Saúde JBS
Pets

CPI começa juntar provas para apurar mortes de índios no Estado

14 Nov 2015 - 07h00
A CPI da Violência contra Indígenas durante reunião realizada na última quinta-feira. - Crédito: Foto: Wagner Guimarães/ALMSA CPI da Violência contra Indígenas durante reunião realizada na última quinta-feira. - Crédito: Foto: Wagner Guimarães/ALMS
A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) criada pela Assembleia Legislativa a fim de investigar eventual ação ou missão do Estado nos casos de violência contra os povos indígenas, entre os anos de 2000 e 2015, começou a juntar provas para saber sobre os casos de mortes registrados durante conflito agrário em Mato Grosso do Sul.

Composto por cinco membros, o colegiado foi criado como contraponto à CPI que investiga o Cimi (Conselho Indigenista Missionário ) em âmbito estadual, cujo órgão é acusado de incitar as invasões de fazendas produtivas na região sul do Estado.

Na verdade, a chamada CPI do Genocídio foi instalada dias após a comissão que investiga o Cimi, proposta pela deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB), presidente, como reação estratégica dos parlamentares de oposição ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na Assembleia Legislativa.

Em reunião na última quinta-feira (12), a CPI do Genocídio aprovou três requerimentos solicitando informações à Polícia Federal, a Funai (Fundação Nacional do Índio) e à Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública).
O presidente da CPI, deputado João Grandão (PT), disse, por meio da assessoria de imprensa da Casa, que os documentos a serem obtidos junto aos órgãos subsidiarão as investigações da comissão.

“Queremos saber detalhes de inquéritos e investigações em andamento relacionadas ao nosso objeto de apuração”, disse, se referindo ao ofício que será encaminhado à Superintendência da Polícia Federal.
Pelo encaminhamento dados pelos membros do colegiado, serão solicitadas à Funai informações sobre ações judiciais, processos de demarcação de terras e políticas de assistência social aos povos indígenas, entre elas a entrega de cestas básicas às comunidades.

“Tudo a partir do ano 2000”, enfatizou o presidente. O requerimento que será encaminhado à Sejusp tem as mesmas fundamentações regimentais e constitucionais dos demais documentos. “Queremos saber também se há inquéritos ou investigações em andamento envolvendo firmas particulares vinculadas à Sejusp”, complementou Grandão.

Participaram da reunião os deputados Paulo Corrêa (PR), Professor Rinaldo (PSDB) e Mara Caseiro (PTdoB), vice-presidente da CPI do Genocídio.

Durante o segundo encontro entre membros da CPI, ficou definido que as reuniões são realizadas às quintas-feiras, às 14h, no plenarinho da Assembleia.

A criação do grupo de trabalho foi oficializada pelo Ato 9/15, da Mesa Diretora, de 14 de outubro deste ano. Regimentalmente, os integrantes têm 120 dias, a partir da criação, para concluir os trabalhos.
De acordo com o regimento interno da Assembleia, o prazo de vigência da CPI poderá ser prorrogado por mais 60 dias, caso a comissão não conclua os trabalhos de investigação. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Délia empossa Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais
Dourados

Délia empossa Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais

11/08/2020 11:37
Délia empossa Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais
Domingo tem live da Refúgio dos Bichos para auxílio aos animais resgatados
Live Solidária

Domingo tem live da Refúgio dos Bichos para auxílio aos animais resgatados

06/08/2020 13:02
Domingo tem live da Refúgio dos Bichos para auxílio aos animais resgatados
CCZ segue com vacinação antirrábica sábado na Seleta e escola Aurora
Vacina Antirrábica

CCZ segue com vacinação antirrábica sábado na Seleta e escola Aurora

24/07/2020 13:04
CCZ segue com vacinação antirrábica sábado na Seleta e escola Aurora
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias