Dourados – MS quinta, 28 de outubro de 2021
Dourados
32º max
21º min
Ranking Valor Econômico
Pets

Antonio Russo toma posse na vaga de Marisa Serrano

28 Jun 2011 - 20h58
Antonio Russo recebe os cumprimentos de José Sarney - Crédito: Foto : Felipe Barra/Agência SenadoAntonio Russo recebe os cumprimentos de José Sarney - Crédito: Foto : Felipe Barra/Agência Senado
Brasília - O empresário e pecuarista Antonio Russo Netto (PR-MS), de 69 anos, tomou posse ontem na vaga da ex-senadora Marisa Serrano. Magno Malta (PR-ES) e João Alberto Souza (PMDB-MA) foram designados pelo presidente José Sarney a conduzir o novo senador à Mesa para fazer o juramento.


Antonio Russo era o 1º suplente de Marisa Serrano, que renunciou ao mandato na segunda-feira (27) para assumir o cargo de conselheira do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul.

“Assumo o mandato com o compromisso de dignificar a cadeira da senadora Marisa Serrano. Sei que é uma grande responsabilidade substituir uma mulher que construiu sua vida pública sob os preceitos da ética, da moral, e os princípios da democracia e da justiça social, lembrada pela liderança política, no âmbito estadual, e respeitabilidade, no âmbito federal”, elogiou o novo parlamentar.

O senador recordou sua experiência como empresário do setor pecuarista no município de Nova Andradina (MS) e prometeu defender os interesses do povo do seu Estado. Ele anunciou como bandeiras de seu mandato o apoio ao desenvolvimento do agronegócio, da indústria e do comércio, com vistas ao desenvolvimento sustentável e ao fortalecimento da economia local e nacional.

Magno Malta saudou o novo colega de Senado por sua contribuição para a geração de emprego e renda e convidou Russo a integrar a Frente Parlamentar Mista Permanente em Defesa da Família.

O senador Waldemir Moka (PMDB-MS), por sua vez, destacou que Antonio Russo assumirá uma grande responsabilidade ao substituir Marisa Serrano e disse acreditar que ele honrará o Estado.

Trajetória

A atuação de Antonio Russo como pecuarista começou em São Paulo como distribuidor de carne, em 1954, e se ampliou até o interior do Estado e do Mato Grosso do Sul. Atuando no ramo de carnes e frigorífico, tornou-se conhecido como "Barão da Carne", expressão usada em reportagem publicada pelo jornal americano The Wall Street Journal em 2003, quando sua empresa aparecia como a quarta maior do Brasil no setor.

Antonio Russo dirigiu diversas instituições ligadas à pecuária. Foi presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne Bovina por 7 anos e o Sindicato da Indústria do Frio do Estado de São Paulo por 6 anos. Também ocupou o cargo de vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Mato do Grosso do Sul (Fiems). Na área social, atuou por 26 anos à frente da Associação Cristã de Amparo a Criança. (Agência Senado).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro sanciona lei que proíbe sacrifício de cães e gatos saudáveis
Brasil

Bolsonaro sanciona lei que proíbe sacrifício de cães e gatos saudáveis

21/10/2021 10:30
Bolsonaro sanciona lei que proíbe sacrifício de cães e gatos saudáveis
Câncer de mama em cachorro: uma doença comum e silenciosa
Outubro Rosa Pet

Câncer de mama em cachorro: uma doença comum e silenciosa

20/10/2021 15:45
Câncer de mama em cachorro: uma doença comum e silenciosa
Latam suspende transporte de pets no porão de aviões por 30 dias após morte de cão
Brasil

Latam suspende transporte de pets no porão de aviões por 30 dias após morte de cão

19/10/2021 13:30
Latam suspende transporte de pets no porão de aviões por 30 dias após morte de cão
Poder público deve zelar pelo bem-estar dos animais em situação de abandono e maus-tratos
Direito dos Animais

Poder público deve zelar pelo bem-estar dos animais em situação de abandono e maus-tratos

14/10/2021 10:30
Poder público deve zelar pelo bem-estar dos animais em situação de abandono e maus-tratos
Roubo de pets cresce principalmente entre as raças mais caras; saiba protegê-los
Animais

Roubo de pets cresce principalmente entre as raças mais caras; saiba protegê-los

07/10/2021 12:30
Roubo de pets cresce principalmente entre as raças mais caras; saiba protegê-los
Últimas Notícias