Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Variedades

Passado presente

09 Jun 2016 - 08h00
Analisando essa grave questão do assoreamento do Rio Dourados, devo remeter ao início do ano 2000, quando uma matéria elaborada por este jornalista foi premiada dentre tantos outros trabalhos apresentados à época. A matéria foi feita em cima de estudos coletados pelo saudoso professor doutor em engenharia ambiental, Omar Daniel. Naquela época, o estudo do Dr. Omar apontava que apenas 7% de mata ciliar ainda protegia toda a extensão do Rio Dourados começando pela sua nascente no município de Antônio João percorrendo cerca de 200 quilômetros, até a foz em Glória de Dourados, isso em 2003.


### Mata ciliar
Se naquela época o estudo do saudoso Dr. Omar, professor da UFGD, apontou esse índice preocupante e nada foi feito até agora para frear ou recompor a mata ciliar imaginem como está essa situação agora.

### Água vendida
Desta época até agora nada foi feito para conter o avanço do assoreamento e na recomposição da mata ciliar, a não ser atitudes isoladas por parte de cidadãos ambientalistas. Mas nenhum projeto aprofundado, amplo, para evitar a morte deste rio que a Sanesul retira a água para vender aos douradenses.

### Adeus prêmio
Com relação a mata ciliar nada foi feito, mas há cerca de cinco anos o prêmio de jornalismo não existe mais. O prêmio foi instituído pelo então prefeito Braz Melo, na época com a denominação Aracanga. Uma foi da jornalista Maria Gorete Dal Bosco. O prêmio seguiu nas administrações seguintes, até ser extinto em 2011 pelo prefeito Murilo Zauith.

### Grampos telefônicos
Os últimos acontecimento envolvendo o poder evidentemente que desgastam muito o PT, porém o partido leva junto consigo o seu coadjuvante, PMDB. Após o ultimo episódio com a divulgação dos grampos telefônicos e o pedido de prisão do presidente da Câmara Eduardo Cunha, do presidente do senado Renan Calheiros, do ex-presidente do senado José Sarney e do senador Romero Jucá e a administração confusa de Michel Temer hoje o PMDB é tido com um desgaste tão grave que se assemelha ao do PT.

### Um desastre
E esse desgaste deve refletir nas candidaturas em Mato Grosso do Sul, até porque o partido também se desgastou nos últimos meses no estado. Então será difícil para os peemedebistas, candidatos, tanto a prefeito como a vereadores carregarem esse desgaste nas costas. Sem contar que a confiança do eleitor em candidatos de todos os partidos já é um desastre.

### Opinião pública
Ontem o que deu de chute nas redes sociais com a repercussão da matéria da prisão do "Japonês da Federal" não foi brincadeira. Teve gente que disse que ele foi preso por envolvimento na Lava Jato. Teve até gente defendendo a inocência de corruptos que foram conduzidos por ele até as celas, como se o "Japonês fosse a própria instituição Polícia Federal. A prisão também serviu para muitos oportunistas tentarem confundir a opinião publica.

### Ishii Maria...
Conhecido por conduzir os alvos da Operação Lava-Jato, Newton Ishii, o "Japonês da Federal", foi preso na manhã de ontem quarta-feira em Curitiba. O mandado foi expedido pela 4ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu (PR).

### Caso antigo
Em março deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou parcialmente o recurso de Ishii e manteve a sentença da Justiça Federal no Paraná, que o condenou por corrupção e descaminho, por ter facilitado a entrada no Brasil de produtos contrabandeados do Paraguai.

### Operação Sucuri
O "Japonês da Federal", que até ganhou marchinha de Carnaval, foi um dos 19 policiais federais alvos da Operação Sucuri, deflagrada em 2003 para apurar um esquema formado por agentes da PF e da Receita Federal que facilitava o contrabando de produtos ilegais na fronteira com o Paraguai em Foz do Iguaçu.

### Do Paraguai
O Superior Tribunal de Justiça manteve a sentença da Justiça Federal no Paraná que o condenou em 2009 por corrupção e descaminho, ao facilitar a entrada no Brasil de produtos contrabandeados do Paraguai.

### Em andamento
Atualmente, Ishii responde a três processos, derivados da Operação Sucuri, sendo um na esfera criminal, outro administrativo e um terceiro por improbidade administrativa. Todos estão em andamento.

### Grande esquema
Deflagrada em 2003, a operação desmontou um grande esquema de contrabando de produtos na Ponte da Amizade, na fronteira do Brasil com o Paraguai em Foz do Iguaçu, no Paraná. Ao todo, participavam do esquema sete "agenciadores", seis contrabandistas, 23 agentes da PF, sete técnicos da Receita Federal e três policiais rodoviários federais.

### Ponte da Amizade
Os "agenciadores", no total de sete, faziam a intermediação entre os contrabandistas e os servidores públicos e repassavam a propina aos agente da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Receita Federal que atuavam na Ponte da Amizade.

### Das propinas
Além deles, havia um grupo de seis contrabandistas formado, que atravessavam a ponte com as mercadorias contrabandeadas mediante o pagamento das propinas.

### As placas
O terceiro e maior grupo do esquema criminoso era formado por servidores públicos federais que atuavam na Ponte da Amizade, que recebiam propina e deixavam de fiscalizar ou mesmo fingiam fiscalizar os veículos dos contrabandistas. Em alguns casos, as placas dos carros eram repassadas ao grupo de servidores que, com isso, sabiam quem "proteger".

### Convicção pessoal
Na semana passada, a Câmara do Deputados aprovou reajuste salarial para diversas categorias de servidores entre elas, o Judiciário. Contrário à deliberação, em iniciativa inédita, o juiz de Direito Luiz Guilherme Marques, da 2ª vara Cível de Juiz de Fora/MG, enviou documento ao presidente do TJ/MG no qual abre mão do aumento, "por razão de convicção pessoal, até que se estabilize a situação financeira do país". Méritos para ele.

Que frase!
"As pequenas mentiras fazem o grande mentiroso". (William Shakespeare).

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias