Dourados – MS terça, 11 de agosto de 2020
Dourados
34º max
19º min
Segurança e Saúde JBS
ESPECIAL DIA DAS MÃES

Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados

10 Mai 2020 - 09h17Por Cristina Nunes - Especial ao O Progresso
Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados -

Que as mães exercem grande influência na vida real, ninguém dúvida. Mas elas também estão exercendo esse poder no mundo virtual. Se tornaram as mães influenciadoras digitais e conseguem manter uma audiência alta e engajada nas redes sociais.

Tamanho é o sucesso que algumas mamães influenciadoras já se são bastante populares em Dourados e reconhecidas nas ruas pelos seguidores, que acabam se tornando verdadeiros fãs. Em alguns casos, os filhos também acabam dividindo as redes sociais com as mamães e tornam-se muito amados pelos seguidores. 

Larissa Simões e a filha Lívia

É o caso da fotógrafa Larissa Simões, de 34 anos, que é uma das influenciadoras digitais de sucesso em Dourados junto com sua filha, a pequena Lívia, que encanta a todos. Em entrevista ao Progresso ela conta como começou nas redes sociais. O perfil de Larissa é focado no dia-a-dia da mãe e filha, tem vídeos com dicas de beleza e também culinária.

“Quando entrei no Instagram em 2012 ou 2013, não me lembro bem, o digital influencer ainda estava iniciando. A gente já era, mas ainda não tínhamos noção disso tudo. Sempre estava compartilhando minha vida da maneira mais natural possível. De 2 anos pra cá comecei a mudar, dando mais dicas e levando informações para aqueles que sempre me acompanharam. Acho que o que mais chamou atenção das pessoas foi eu mostrar meu dia-a-dia, mas nunca imaginei que um dia isso tomaria a proporção atual”, afirmou Larissa. 

Questionada sobre a interação com os seguidores, ela conta emocionada que os feedbacks são muito gratificante. “Resolvi trabalhar com isso justamente para ajudar e levar informações relevantes que possam mudar algo na vida e no dia a dia das pessoas. Esses dias mesmo recebi uma mensagem de uma moça que estava morando há pouco tempo em Dourados, ela não conhecia nada e ninguém aqui e precisava de uma podóloga. Eu disse que não sabia, mas que iria arrumar uma para ela. Comecei a perguntar para algumas pessoas e passei o telefone. Então no outro dia ela me mandou um textão agradecendo por eu ter respondido e por ter ajudado em algo que talvez pra mim poderia ser algo simples, mas que foi de grande valia pra ela! Nossa ...eu fiquei muito feliz!”, relatou. 

Sobre a blogueirinha Lívia, Larissa conta que percebeu que a menina gostava das redes sociais quando ela surgia de repente e começava a querer conversar com o pessoal. “Ela queria aparecer atrás. Daí foi acontecendo naturalmente, me pedia pra fazer tutorial de mãe e vi também que ela já estava falando como eu falava com minhas seguidoras do tipo: “Oi pexual, tudo bem com voxeis? (risos). Na primeira vez que ela falou isso, nem eu acreditei porque nunca a ensinei”. 

“As pessoas adoram esse jeitinho espontâneo e carismático que só ela tem. Diferente do Antonio, que é mais tímido e reservado, não gosta de fotos e nem de aparecer. Mas eu coloco limites, têm dias que ela também não quer aparecer, então eu não forço a barra. Quando ela aparece é porque ela quer e eu acho o máximo! As pessoas na rua querem tirar foto com ela, a chamam até de jacaré (a forma como chamamos ela carinhosamente aqui em casa). No começo fiquei um pouco assustada, mas agora vejo que é um carinho real que todo mundo tem com ela”, explicou Larissa. 

Larissa finalizou destacando que o digital influenciar é mais que um hobby, é um trabalho. “As pessoas poderiam respeitar mais e valorizar mais um influenciador digital, pois é um trabalho como qualquer outro. Aliás, às vezes até mais desgastante, porque temos que abordar vários conteúdos diferentes e pra isso precisamos nos apropriar, nos aprofundar nos assuntos para sabermos o mínimo do que estamos divulgando.”

“Quero aproveitar deixar aqui registrado, primeiramente a Deus, gratidão por tudo que Ele representa na minha vida, por proporcionar a alegria de ter comigo os melhores e os mais incríveis 12.800 seguidores. E aproveito aqui para agradecer imensamente o Jornal O Progresso por estar me dando a oportunidade de falar um pouco mais do meu trabalho como influenciadora digital”, finalizou Larissa. 

 

Perfil @querida_mãezinha traz empatia e acolhimento

Ana Karla Cordeiro Pascoal, de 29 anos, advogada, é também uma mamãe influenciadora digital de sucesso em Dourados. Ela é a criadora do perfil @querida_mãezinha, que conta com mais de 20 mil seguidores. 

Ana Karla já tem 20 mil seguidores

A descoberta como influencer veio logo com a chegada do filho, em 2018. “Eu descobri que filho não vem com manual de instruções, passei a me deparar com algumas dúvidas, e situações comuns da maternidade que por sinal, eu desconhecia, afinal, eu era marinheira de primeira viagem. Senti então a necessidade de trocar experiências maternas, mas não conhecia outras mães. Então criei o perfil @querida_mãezinha, e desde então, nunca mais me senti só. Como sou advogada, inicialmente não tinha ambição de me tornar influenciadora, mas aconteceu, e sou grata a Deus e a cada uma que me segue”, afirmou Ana Karla. 

 
Empatia e acolhimento, são palavras usadas por ela para definir os principais objetivos como influencer. “Tenho também o objetivo de desconstruir a ideia da maternidade perfeita, até porque ela não existe. Por fim, viso trazer conteúdo de qualidade que vá realmente agregar nas vidas dessas mães. Quando abordo temáticas que fogem da minha alçada, busco profissionais parceiros para prestar a informação. A maternidade é séria e não podemos brincar ou levar informação errada”, frisou a influencer. 

Questionada sobre a interação com as seguidoras, ela afirmou que isso é rotineiro no perfil. “Mas acredito que isso acontece não por ser vista como influenciadora, mas ser vista como alguém acessível, livre de qualquer julgamento. Quando seguem a dica, normalmente me passam o feedback. A pouco tempo dei a dica de fazer rosquinhas com fralda de pano, para ajudar a recuperar os seios rachados, oriundos de algum problema durante a amamentação. Fui surpreendida com o compartilhamento de um perfil 10 vezes maior que o meu, porque a influenciadora tinha acabado de dar a luz e estava sofrendo com os seios rachados”, relatou. 
Ela também falou sobre os desafios de ser uma influenciadora digital. 

“Manter um perfil requer dedicação. É muito trabalhosa a construção de conteúdo, além de que se trata de um público exigente. Então meu conselho, para aquelas mães que querem se tornar influenciadoras com conteúdo autoral, é aproveitar situações da própria rotina materna e aborda-las no perfil; provavelmente irá gerar empatia de outras mães e interação. Sugiro também que não seja uma figura artificial e forçada. Ninguém gosta disso, então seja você. Não se preocupem com número de seguidores, mas sim com o engajamento, porque não adianta ter 10.000 seguidores se ninguém interage com o seu conteúdo”, frisou Ana Karla. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia
Dourados

Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia

04/08/2020 13:00
Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Adoção na Pandemia

Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia

03/08/2020 16:25
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Agosto Lilás:  Mulheres sofrem "pandemia da violência"
Mulher

Agosto Lilás: Mulheres sofrem "pandemia da violência"

03/08/2020 10:03
Agosto Lilás:  Mulheres sofrem "pandemia da violência"
Branding em Arquitetura
Variedades

Branding em Arquitetura

30/07/2020 14:38
Branding em Arquitetura
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Exposição

Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz

30/07/2020 14:35
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Últimas Notícias