Dourados – MS terça, 29 de setembro de 2020
Dourados
37º max
21º min
Pe. Crispim Guimarães

Milagres acontecem

26 Fev 2016 - 09h34
Pe. Crispim Guimarães

No ano de 2013 recebi como missão, “pastorear” a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, a Catedral de Dourados. Vinha de uma experiência bonita realizada em Laguna Carapã, onde o povo foi bastante acolhedor e comprometido.


Na Catedral tinha como encargo, segundo o bispo (hoje) emérito, Dom Redovino, continuar a dinamizar as pastorais e, se possível reformar a Igreja templo. Não era meu desejo fazer esta última tarefa, porque exigiria, como de fato aconteceu, muitos recursos e, sobretudo, desgastes psicológicos. Coloquei nas mãos de Deus todos os projetos que me foram delegados, sabendo que na Obra de Deus, Ele é o Mestre, somos apenas operários nem sempre eficazes.


Doía-me o coração pensar nos recursos necessários para a reforma quando um número de irmãos passavam privações das mais variadas ordens. Por isso, procurei conversar com os Conselhos da Paróquia para destinarmos recursos à algumas obras sociais, além de criamos outras. Assim fazemos rigorosamente todos os meses nos últimos dois anos.


No final de 2014, além de repasses, a Paróquia construiu e inaugurou no terreno da Capela Nossa Senhora das Graças, cedido em comodato pela Renovação Carismática Católica, uma casa com capacidade para acolher para pernoitar - oito pessoas, intitulada Casa Irmã Dulce I. No dia 12 de julho de 2015, um dia antes da reinauguração da Catedral, em parceria com as Irmãs de São José Chambèry, inauguramos a Casa Irmã Dulce II, nas dependências da antiga residência das referidas irmãs.


Estas casas acolhem pessoas que não têm como se hospedar em hotéis por serem pobres, não têm parentes em Dourados, e acompanham seus familiares nos hospitais públicos da cidade. São familiares de doentes de outras cidades que acorrem a Dourados e que ficariam nos corredores dos estabelecimentos de saúde. Com alegria os acolhemos nestas casas.


A Casa Irma Dulce I, acolheu no segundo semestre de 2015, 239 pessoas, totalizando 286 pernoites, oferecendo 572 refeições. Já a Casa Irmã Dulce II, acolheu no segundo semestre de 2015, um número de 306 pessoas, totalizando 936 pernoites, 1872 refeições. As duas casas, portanto, receberam 545 pessoas, totalizando 1222 pernoites e 2444 refeições. Além disso, a paróquia tem uma funcionária fixa e assume as contas de luz, água, consertos, alimentação, etc. Conta também com um grupo de voluntários generosos que se dedicam no trabalho do Reino.


Só um milagre proporciona que, com poucos recursos e sem ajuda do poder público, estas casas sejam sustentadas. É a misericórdia de Deus, por meio do povo de coração generoso e a intercessão da Beata Dulce dos pobres (Irmã Dulce) que esta obra tem proporcionado tantos benefícios.


Mas o povo de Dourados é bom e dadivoso. Neste mês de fevereiro, também quitamos nossa última parcela da reforma de um dos nossos mais representativos cartões postais da região: a Catedral. Foi um volume considerável, que inicialmente parecia difícil angariar, mas as obras de Deus são por Ele conduzidas. Assim, olhando hoje, é impossível não acreditar na bondade de Deus que age no seu povo.


Quando trabalhamos por causas justas, percebemos a mão dEle por meio de pessoas. Sou grato a Deus e a vocês douradenses, pela linda Catedral que hoje embeleza a cidade, e pelos irmãos acolhidos nas Casas Irmã Dulce.


Milagres verdadeiramente acontecem e são realizados também por pessoas vivas. Creio na intercessão dos Santos, creio também nos corações amantes e tementes a Deus.


Obrigado a todos que colaboram na reforma da nossa Catedral e aqueles que assumiram as Casas Irmã Dulce como expressão da caridade cristã.


Pároco da Catedral de Dourados, MS. e-mail: [email protected]

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Últimas Notícias