Dourados – MS domingo, 20 de setembro de 2020
Dourados
27º max
16º min
ESPORTES

L. Lima pode ficar no Santos para ganhar 'bolada da Europa' em 2017

10 Jun 2016 - 10h15
O meia Lucas Lima tem contrato com o Santos até o dia 31 de dezembro de 2017. - Crédito: Foto: DivulgaçãoO meia Lucas Lima tem contrato com o Santos até o dia 31 de dezembro de 2017. - Crédito: Foto: Divulgação
O estafe do meia Lucas Lima, que já externou diversas vezes que pretende jogar na Europa, já começa a admitir que pode permanecer no Santos até o fim de seu contrato, em 31 de dezembro de 2017. A estratégia é analisada pela possibilidade de o jogador receber sozinho o dinheiro de uma futura proposta do futebol europeu.

O presidente Modesto Roma já avisou que não aceita negociar Lucas Lima. A estratégia de manter o meia até o dia 31 de dezembro de 2017, quando encerra o seu vínculo com o clube, tem uma lógica. O Santos possui apenas 10% dos direitos do jogador e, dependendo do valor da proposta que chegar da Europa, o montante destinado ao clube paulista sequer ajudaria para a reposição do meia no mercado do futebol. O time entende que é melhor contar tecnicamente com o armador por mais um ano e meio do que o perder agora por um valor pequeno.

"O jogador tem contrato em vigência com o Santos, e o presidente Modesto Roma Júnior já declarou várias vezes que conta com o jogador até o fim do vínculo dele", diz o clube em nota oficial.

Wagner Ribeiro, agente do meia, entende a situação do Santos e ressalta que até o atleta teria prejuízo para deixar o clube neste momento, pois ficaria com os 100% de um futuro negócio após encerrar seu vínculo com o clube paulista.

"O caso dele é complexo. Surgiram muitas propostas, mas não é interessante nem para o Santos e nem para ele. Por exemplo, se chega uma boa proposta de 20 milhões de euros, o Santos receberia 2 milhões de euros. Quem eles comprariam com esse valor?", afirmou Wagner Ribeiro ao UOL Esporte.

"O Lucas pode esperar mais um ano e pegar para ele os 100% após acabar o contrato dele com o Santos. Ele pode fazer um pré-contrato até de um ano. Ele assina um pré-contrato de seis meses com prorrogação para mais seis", completou.

O agente usou de exemplo uma proposta de 20 milhões de euros, mas a diretoria santista acredita que os clubes interessados não pagariam nem a metade do valor da multa – 30 milhões de euros (R$ 122 milhões).

Neste caso, o Santos ficaria apenas com 3 milhões de euros (R$ 12 milhões), menos da metade dos R$ 26 milhões que foi oferecido pelos chineses por Ricardo Oliveira e recusado pela diretoria santista no início do ano, por exemplo.

A cúpula santista entende que não encontrará nenhum jogador para substituir Lucas Lima por R$ 12 milhões. O caso de Marquinhos Gabriel no início do ano sempre é utilizado de exemplo na Vila Belmiro. O Al-Nassr, da Arábia Saudita pedia, no mínimo, US$ 4 milhões (R$ 14 milhões) para liberar o jogador, que interessava ao Santos e acertou com o Corinthians.

Apesar de os dois lados admitirem o cumprimento do contrato até o final, Lucas Lima ainda sonha com uma proposta tentadora da Europa. O camisa 20 do Santos marcou um gol na goleada da seleção brasileira diante do Haiti pela Copa América Centenário e pode ganhar uma vaga de titular no time de Dunga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias