Dourados – MS sábado, 24 de outubro de 2020
Dourados
31º max
21º min
Influx
Variedades

Isenção de ICMS para deficientes físicos é votada nesta quinta

31 Mar 2011 - 14h10
Carros adaptado para portador de deficiência física
 - Crédito: Foto: Reprodução/TV GloboCarros adaptado para portador de deficiência física - Crédito: Foto: Reprodução/TV Globo
O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) vota nesta quinta-feira (31) a prorrogação da isenção de ICMS para compra de automóveis por pessoas com deficiência física. Atualmente, os portadores de deficiência física têm direito às isenções de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para a aquisição de automóveis de até R$ 70 mil. Como são direitos adquiridos, a cada dois anos, no caso do IPI, e três anos, para o ICMS, elas são revistas.

A do ICMS vence no dia 30 de abril, por isso o conselho terá de decidir se o imposto voltará a ser cobrado ou não. Nesta quarta-feira (30), técnicos das secretarias da Fazenda dos estados se reuniram para avaliar a necessidade do desconto. Nesta quinta, a avaliação dos técnicos será apresentada aos secretários da fazenda de cada estado, que irão decidir em conjunto sobre a cobrança dos impostos. Para que a isenção seja aprovada, é preciso da unanimidade do conselho.

Para o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Revendedores de Serviços para Pessoas com Deficiência (Abridef), Rodrigo Rosso, a situação é preocupante, especialmente porque o momento político é favorável a mudanças. “Os secretários são novos, porque os governos mudaram. Então, temos duas hipóteses: ou eles deixam como está para não mexer no que já existe e causar polêmicas ou tiram a isenção para ‘mostrar serviço’”, analisa Rosso.

A reportagem do G1 entrou em contato com o Confaz, mas não obteve resposta sobre o que será ponderado em tal avaliação.

De acordo com Rosso, a Abridref enviou ofícios para 36 autoridades entre ministros, governadores, deputados, senadores e secretários da fazenda, com o argumento de que a continuidade da isenção garante o direito de ir e vir do deficiente. “Essas pessoas dependem de carro para fazer tratamentos, ir ao médico, por exemplo. A isenção em outros países é permanente. Isso tem que mudar no Brasil”, argumenta o representante da entidade.

De acordo com dados da Abridef, mais de 29 mil carros foram vendidos no ano passado com isenção de imposto para deficientes físicos. “Imagina o que isso representa em arrecadação de imposto”, afirma. Ainda segundo a entidade cerca de 30 milhões de brasileiros são portadores de algum tipo de deficiência física. Do total, 42% pertencem às classes A e B, 44% à classe C e 14% são das classes D e E. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Últimas Notícias