Dourados – MS sábado, 17 de abril de 2021
Dourados
32º max
20º min
Influx - Campanha 2021
Variedades

Indígena é morto a golpes de facão

17 Jan 2011 - 21h24
Foto: Cido Costa
Indígena apresentava dois ferimentos no pescoço provavelmente feitos por facão
Foto: Cido Costa

 - Foto: Cido Costa Indígena apresentava dois ferimentos no pescoço provavelmente feitos por facão Foto: Cido Costa -
DOURADOS – O índio Lauro Lopes, de 40 anos, foi encontrado morto, na noite de domingo, na Aldeia Bororó, dentro da Reserva Indígena de Dourados. O corpo foi encontrado por moradores que transitavam pela estrada vicinal, próximo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), que fica na aldeia.

Segundo informações de testemunhas, à polícia, a vítima teria deitado depois de ingerir bebida alcoólica durante toda a tarde, por conta disso o grupo achou que ele estivesse dormindo. Por volta das 20h30, uma equipe da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) avistou Lauro caído sobre uma poça de sangue.

Ao se aproximar para ver o que havia acontecido, constataram que o indígena estava morto. Ele apresentava, na região do pescoço, dois ferimentos profundos, provavelmente causados por golpes de facão.
Uma equipe da Perícia Técnica da Polícia Civil, esteve no local acompanhada do perito Francis Paes e da delegada da Polícia Civil, Francielle Candotti.
Lideranças indígenas relataram, à polícia, que o consumo de drogas e álcool é grande nas aldeias de Dourados, o que contribui para o aumento da criminalidade, que vem aterrorizando a comunidade indígenas.
#####BRIGA DE CASAL
Andréi Tomé, de 31 anos, foi morto com uma facada no peito na madrugada de domingo, por volta das 4h30, durante uma briga. Segundo informações policiais, ele e a mulher Joelma Machado de Souza seguiam pela Rua Cassiano de Sou-za, no bairro São Bento, no município de Sidrolândia quando começaram a discutir. Duas pessoas que passavam tentaram apartar a briga do casal, Andréi reagiu, empurrou um dos homens e acabou esfaqueado no peito.
De acordo com a polícia, o acusado seria um dos que tentava apaziguar os ânimos do casal. Tomé foi socorrido e en-caminhado ao hospital de Sidrolândia, onde morreu minutos depois. A polícia de Sidrolândia abriu inquérito para apurar o crime.

Deixe seu Comentário