Dourados – MS sexta, 25 de setembro de 2020
Dourados
35º max
19º min
Educação

Estudantes participam da Jornada Nacional de Iniciação Científica com os melhores trabalhos do ENEPEX

04 Ago 2016 - 14h20

Quatro estudantes representaram a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) na Jornada Nacional de Iniciação Científica (JNIC), realizada como parte da programação da 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O evento ocorreu entre os dias 03 e 09 de julho de 2016, na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), em Porto Seguro (BA).

Alexandre Martins Pinho (Letras), Franciely de Oliveira Neves (Zootecnia), Laiandra Machado de Almeida (Biotecnologia) e Lucas Serrano Tulio (Sistemas de Informação) tiveram as passagens aéreas para o evento custeadas pela Pró-Reitoria de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa da UFGD como prêmio de melhor trabalho na edição do ano passado do ENEPEX (Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão) promovido pela UFGD e pela UEMS. Os melhores trabalhos foram selecionados nos eixos "Educação e Sociedade", "Meio Ambiente", "Saúde" e "Ciência e Tecnologia", respectivamente.

Durante a JNIC, eles fizeram a exposição dos trabalhos premiados pelo ENEPEX e puderam participar das atividades que desejassem entre as 200 que formaram a programação científica sênior da Reunião da SBPC.

INICIAÇÃO CIENTÍFICA e ENEPEX
Desenvolvidos entre os anos de 2014 e 2015 e apresentados primeiro no ENEPEX que aconteceu nos dias 20, 21 e 22 de outubro de 2015 e mais recentemente na Jornada Nacional de Iniciação, cada trabalho mostra parte da especificidade da área de formação dos estudantes e acrescenta experiência de pesquisa para a carreira que irão seguir.

Alexandre Martins Pinho
Alexandre Martins Pinho teve o trabalho "O infográfico como recurso para dimensionar o Letramento Informacional Digital de professores em formação" escolhido como vencedor no eixo Educação e Sociedade do ENEPEX. Da iniciação científica esse tema embasou a proposta de anteprojeto de mestrado e com a aprovação em 2016 no Programa de Pós-Graduação em Letras da UFGD esse assunto continuará presente também nos próximos anos na sua vida de mestrando.

Do envolvimento com a Iniciação Científica, Alexandre destacou a importância da metodologia como algo indispensável ao fazer científico e a apresentação no ENEPEX como um momento importante para divulgar o que foi feito, trocar informações e conhecer um pouco dos rumos da UFGD no Ensino, Pesquisa e Extensão.

Franciely de Oliveira Neves
Franciely de Oliveira Neves, estudante de Zootecnia, foi a vencedora do eixo Meio Ambiente com o trabalho "Uso de glicerina bruta como aditivo de ensilagem de Capim Piatã: estabilidade aeróbica e composição química da silagem".

Entre as razões da relevância desta pesquisa para a sociedade está a colaboração com a preservação ambiental, já que a glicerina é um resíduo poluente que, ao ser aplicado como aditivo, dá utilidade ao que antes seria descartado. Além disso, a glicerina colabora para o armazenamento do capim e acrescenta valor nutritivo à alimentação animal por suas propriedades energéticas.

Laiandra Machado de Almeida
"Caracterização do potencial antioxidante do mel de abelha sem ferrão: Melipona orbignyi" foi o vencedor no eixo Saúde do ENEPEX. O trabalho de Laiandra Machado de Almeida, do curso de Biotecnologia, se destaca pelo foco na regionalidade.

Ao conversar com outros pesquisadores durante a Jornada Nacional de Iniciação Científica, Laiandra reforçou a percepção de que existem poucos estudos com as espécies de abelhas nativas na comparação com os estudos sobre o mel das abelhas africanas e europeias e também que são poucas as amostras para que se possa aprofundar as pesquisas sobre o mel produzido.

No entanto, a diversidade de espécies nativas é grande, o que demandaria um número maior de pesquisas. Para a estudante, outro motivo para se intensificar os estudos sobre as abelhas nativas é a importância delas para a preservação da vegetação local.

Já sobre o ENEPEX, Laiandra ressaltou o papel do evento na valorização da pesquisa que é produzida durante a Graduação e não somente na Pós-Graduação. Também comentou que é interessante inscrever seus trabalhos no ENEPEX, mesmo para quem não recebe bolsas de Ensino, Pesquisa e Extensão. A pesquisa dela se enquadra nessa situação, sem bolsa, deu resultado e inclusive foi escolhida como a melhor do eixo Saúde.

Outro ponto positivo do evento é a oportunidade de aprender na prática a apresentar um trabalho, elaborar a apresentação e ter postura de apresentador. "Não é só em congressos fora daqui que se aprende. Mesmo que o ENEPEX seja dentro da Universidade, a experiência vale a pena, as pessoas que estão assistindo fazem perguntas, colaborando com a pesquisa, e no meu caso, ainda pude receber a ajuda do meu grupo de pesquisa para a preparação da apresentação", contou.

Lucas Serrano Tulio
Lucas Serrano Tulio, do curso de Sistemas de Informação, teve o trabalho "Assistente para Construção, Visualização e Validação Incremental de Ontologias" avaliado como o melhor no eixo Ciência e Tecnologia. Esse assistente está relacionado à websemântica e funciona como auxiliar na interpretação de textos longos.

Para Lucas, a experiência no ENEPEX colabora para que o trabalho não fique "guardado na gaveta" e é o primeiro passo para algo maior. Agora para o ENEPEX de 2016, de 28 a 30 de setembro, o estudante já irá apresentar a evolução dessa pesquisa, com foco no buscador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Últimas Notícias