Dourados – MS sábado, 27 de fevereiro de 2021
Dourados
36º max
25º min
Influx
Atenta

Em nome do grupo

13 Jul 2016 - 06h00Por Carolina Gonçalves Do Progresso
Em nome do grupo  -
Em reunião realizada na ultima segunda-feira, inclusive com a participação do prefeito Murilo Zauith o deputado estadual Zé Teixeira anunciou que a vaga de vice na disputa deste ano que pertencia ao DEM ele abre mão em favor do PSB. Isso por entender que o PSDB que terá como candidato a prefeito pela chapa o deputado federal Geraldo Resende terá que caminhar junto com o PSB na disputa, pois ele, Zé Teixeira e Murilo Zauith fazem parte do mesmo grupo político. Aliás essa aproximação já dura mais de vinte anos.


##### Das antigas


Zé Teixeira disse que estava se desprendendo do cargo de vice em nome de uma aliança sólida, que ele mantém com o prefeito Murilo há muito tempo. Também participou da reunião e concordou com a cedência da vaga de vice o vereador Alan Guedes presidente do diretório municipal do DEM em Dourados.

##### Cinco nomes


O líder do DEM no Estado, deputado Zé Teixeira, pediu ao líder do PSB, o prefeito Murilo que ele concedesse uma lista com cinco nomes que seriam escolhidos pelo deputado Zé Teixeira. Dentre os cinco o nome escolhido pelo deputado será anunciado no dia das convenções do PSDB. Até lá serão grandes as expectativas daqueles que integram a lista dos cinco nomes.

##### Será o Benedito?


Dentre aqueles que fazem parte da lista de cinco são os seguintes e pela ordem: vereador Maurício Lemes, Marinisia Mizoguchi, ex-secretaria de educação, empresário Laercio (Comasul), médico e ex-vereador Eduardo Marcondes e o advogado e ex-secretário de finanças de Dourados Walter Benedito Carneiro Júnior. Agora é aguardar dentre os cinco para saber qual deles caminhará ao lado de Geraldo Resende na disputa pela prefeitura de Dourados.

##### Alô você...


Os nomes serão levados a convenção do partido, que segundo o presidente do diretório municipal do PSDB em Dourados, o radialista Marçal Filho, está marcada para o próximo dia 30 de julho, as nove horas na Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced). Segundo Marçal neste dia será oficialmente dada a largada a campanha eleitoral com a escolha do candidato a prefeito, vice e também formada a coligação com os partidos aliados. Então será nesse dia que Zé Teixeira vai anunciar quem do PSB foi escolhido entre os cinco da lista preenchida pela caneta do Murilo.

##### Próximo alvo


O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), será alvo do próximo depoimento a ser prestado pelo ex-senador Delcídio do Amaral à Procuradoria-Geral da República. O ex-líder do governo Dilma no Senado detalhará a relação entre o peemedebista e o lobista Milton Lyra, apontado por delatores da Lava Jato como operador de Renan no esquema de desvio de recursos do Postalis, o fundo de pensão dos Correiros. A data do novo depoimento de Delcídio ainda não foi definida, segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

##### Pagou quanto?


O ex-diretor de Relações Institucionais do Grupo Hypermarcas Nelson Mello afirmou em sua delação premiada que pagou R$ 30 milhões a dois lobistas com trânsito no Congresso para efetuar os repasses. Lúcio Bolonha Funaro e Milton Lyra seriam os responsáveis por distribuir o dinheiro para senadores, entre eles Renan Calheiros, Romero Jucá (RR) e Eduardo Braga (AM). Os senadores negam qualquer tipo de recebimento de vantagens indevidas.

##### "Muito próximo"


Mello depôs em fevereiro, pouco antes de deixar o cargo que ocupava na Hypermarcas. Segundo ele, Lucio Bolonha Funaro se dizia "muito próximo" do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de outros deputados peemedebistas. Milton Lyra, por sua vez, afirmava agir em nome dos senadores "da bancada do PMDB" que teriam sido destinatários da maior parte da

##### Vc concorda?


O site do Senado Federal abriu consulta pública sobre o projeto de Emenda Constitucional (PEC nº 106, de 2015), que prevê a diminuição de parlamentares no Congresso Nacional. Até ontem, já haviam sido mais de 166 mil votos, sendo que 99,6% das participações aprovam a redução do número de autoridades. Por que será hein?

##### No link


De acordo com a proposta, na Câmara dos Deputados de 513 para 385 deputados e no Senado de 81 para 54 (2 por estado). Para participar é bem simples é só entrar no link e apertar no botão de preferência. É rápido e fácil. O texto proposto pelo senador Jorge Viana (PT-AC) destaca que não resta dúvida do importante papel do Congresso Nacional para a democracia representativa. Porém, é possível exercer as funções típicas do Poder Legislativo com uma estrutura mais enxuta em ambas as Casas, sem prejuízo da representatividade popular.

##### História republicana


Cabe ressaltar que houve crescimento constante da composição dessa Casa Legislativa em nossa história republicana. Na legislatura iniciada em 1946, o número de deputados era de 289. Ocorre que a regra constitucional vigente fazia com que o crescimento populacional se traduzisse, necessariamente, no aumento do número de representantes.

##### Novos Estados


Por outro lado, se a população de um Estado diminuísse, era vedada a redução da respectiva representação. Com isso, em 1962 o número já era de 404 representantes do povo na Câmara dos Deputados. Já em 1986, após o regime militar, portanto, foram eleitos 487 deputados federais. O número atual, de 513 Deputados Federais, é devido à criação de novos Estados e ao aumento do número máximo de representantes por unidade da federação.

##### Retorno do tributo


A recriação da CPMF deve enfrentar resistências da população, segundo a pesquisa "Retratos da Sociedade Brasileira – Serviços Públicos, tributação e gasto do governo", realizada pelo Ibope Inteligência para a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ao todo, 73% dos brasileiros são contra o retorno do tributo, enquanto apenas 20% são favoráveis.

##### Que frase!


"Hoje sou eu, amanhã serão vocês" (Eduardo Cunha).

Deixe seu Comentário