Dourados – MS sexta, 07 de agosto de 2020
Campanha Parcelamento Conta
Atenta

Eles merecem?

03 Mai 2016 - 06h00
As eleições municipais estão aí, então, nada mais recomendável do que o eleitor valorizar o seu voto. As eleições acontecem para prefeito e vereador. Em Dourados, por exemplo, o prefeito Murilo já não pode mais pela lei, concorrer à reeleição. Mas a grande maioria dos vereadores deve se candidatar a reeleição e sair em busca do precioso voto. Será que durante estes quatro anos eles fizeram por merecer este voto? Será que eles merecem um novo mandato? Está chegando o momento do eleitor fazer esta avaliação nas urnas. Pela lógica quem merece fica, quem não merece mais um mandato vai pra casa dar lugar para outro interessado na vaga e que queira trabalhar em beneficio da população.


##### Uno de estimação


Depois de ter participado da sessão na Câmara dos deputados que admitiu o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, sem ser deputado, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) mais uma vez apareceu na mídia ontem. Desta vez foi por causa de uma ocorrência de trânsito onde bateu seu veículo Fiat Uno vermelho de estimação, carro que o acompanha desde que ele era prefeito de Campo Grande. O italiano deveria estar com pressa quando cruzou a preferencial na esquina da avenida Afonso Pena com a rua Espírito Santo, batendo no veículo Honda Fit, dirigido pela secretária Elsa Maffei, de 50 anos.

##### A reação


Ao descer do veículo e dar de cara com o ex-governador André Puccinelli, a condutora esqueceu do prejuízo, colocou as mãos na cintura e reagiu: "Governador batendo no meu carro?"

##### Culpa presumida


O ex-governador permaneceu no local, admitiu o erro e ofereceu-se para custear o estrago se prontificou a fornecer outro carro para Elsa até o veículo dela ficar pronto. "Quem cruza a preferencial sempre é o culpado", disse André.

##### Sem ferimentos


O Corpo de Bombeiros esteve no local, mas não precisou prestar nenhum atendimento, pois ninguém se feriu na colisão. Devido ao acidente, duas pistas foram interrompidas e o trânsito ficou mais lento. Ninguém ficou ferido, mas a mulher quase precisou receber atendimento pela emoção em ver que André Puccinnelli havia batido em seu carro.

##### Sem vacina


Enquanto uma mulher de trinta anos morreu em decorrência da gripe H1N1, ou gripe suína, em Três Lagoas, está faltando vacina em Mato Grosso do Sul e em outros estados. A confirmação da doença foi dada ontem pela Saúde de Campo Grande e eleva para seis, o número de mortes pelo vírus.

##### Os sintomas


De acordo com boletim epidemiológico, a vítima começou a apresentar sintomas da doença no dia 30 de março, foi internada no Hospital Cassems no dia 12 de abril e logo em seguida, transferida para Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

##### A causa


Segundo o boletim, no dia 13 de abril, a equipe da Saúde realizou a coleta de exame e enviou a amostra para o LACEN (Laboratório Central) de Campo Grande, mas no dia 15 de abril, às 19h20 a paciente faleceu em decorrência da doença.

##### Pelo vírus


A Secretaria Estadual de Saúde confirmou cinco mortes pelo vírus Influenza H1N1 gripe A ou gripe suína em Mato Grosso do Sul em 2016 até o dia 27 de abril. Os números foram divulgados quarta-feira (27), quando foram atualizados os dados epidemiológicos. Os dois últimos casos confirmados foram registrados em Campo Grande.

##### O estoque


Em diversos estados o estoque da vacina contra a gripe influenza que também protege contra H1N1 acabou no primeiro dia de vacinação. Em Dourados por exemplo o Ministério da Saúde enviou apenas 40% do total de vacinas e ontem de manhã o que deu de gente perdendo a viagem ao se dirigir ao posto de saúde não foi brincadeira.

##### Material básico


Teve cidade que faltou também a seringa. Em Dourados caso não fosse uma compra atencipada de seringas não teria como aplicar a vacina por falta deste material básico. Até que ponto chegou a falta de planejamento de um órgão que faz campanha para que todos que pertencem ao grupo de risco se protejam através da vacina. Faltar vacina de gripe para atender os grupos estabelecidos em pleno risco da doença considerada com consequências graves como diria Boris Casoy...isso é uma vergonha.

##### Por que não?


Por falar em vacina contra a gripe pessoa atenta, educadora afirma que deveria ser incluído no grupo de risco e também passar a receber a vacina os professores e por que não?. A explicação é muito simples. São os professores que ficam em um sala fechada e geralmente superlotada de alunos diariamente com o risco permanente de contraírem a doença. A eles pesa também a grande responsabilidade sobre o bem estar das crianças e portanto quanto mais imunizarem os professores menos riscos deles transmitirem aos seus alunos.

##### No grupo


Incluir os educadores no grupo de risco aqui em Dourados por exemplo também se explica pelo fato de algumas escolas lidarem com alunos que já contraíram a gripe H1N1. Mas o que fazer se nem mesmo os grupos de risco estabelecidos não receberam a vacina. O que deu de idoso e criança voltando pra casa frustrado ontem não foi brincadeira.

##### Triste fim


O secretário municipal de saúde Sebastião Nogueira espera a chegada de um novo lote prevista para o dia 06 de março. Até ontem haviam sido vacinadas apenas 40% da população que integra o chamado grupo de risco, o que corresponde a 28 mil doses da vacina contra influenza. Ainda faltam 60% de pessoas a serem imunizadas. Será o Ministério da Saúde está sem verba até para a compra de vacinas?. Seria o triste fim do governo Dilma.

##### Que frase!


"Há três espécies de cérebros: uns entendem por si próprios; os outros discernem o que os primeiros entendem; e os terceiros não entendem nem por si próprios nem pelos outros; os primeiros são excelentíssimos; os segundos excelentes; e os terceiros totalmente inúteis". (Maquiavel).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia
Dourados

Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia

04/08/2020 13:00
Especialista ensina como organizar a casa em tempos de pandemia
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Adoção na Pandemia

Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia

03/08/2020 16:25
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Agosto Lilás:  Mulheres sofrem "pandemia da violência"
Mulher

Agosto Lilás: Mulheres sofrem "pandemia da violência"

03/08/2020 10:03
Agosto Lilás:  Mulheres sofrem "pandemia da violência"
Branding em Arquitetura
Variedades

Branding em Arquitetura

30/07/2020 14:38
Branding em Arquitetura
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Exposição

Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz

30/07/2020 14:35
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Últimas Notícias