Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Conjuntura

Ele voltou

14 Abr 2016 - 06h00
Nada como um dia atrás do outro e uma noite no meio. A frase é antiga, mas permanece mais atual do que nunca e serve para ilustrar a recondução do delator do Mensalão, Roberto Jefferson, ao comando nacional do PTB. Ele cumpriu a pena imposta pela Justiça e volta à ativa atirando para todos os lados, inclusive para cima do atual presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), o qual garante que cairá logo após o impeachment de Dilma.


Com essa postura, certamente, ele deve exigir dos deputados petebistas que votem em massa para derrubar a petista.

##### Tietagem


O presidente regional do PTB, ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, participa hoje (14) de ato político no qual Roberto Jefferson será reconduzido à direção nacional do partido. O evento ocorrerá às 10h, no Hotel Nacional, em Brasília, durante reunião do diretório nacional.


Jefferson se licenciou da presidência do PTB no segundo semestre de 2012, depois de condenado e preso no esquema Mensalão do PT. Quem estava à frente do comando da legenda era a filha dele, a deputada federal Cristiane Brasil (RJ).

##### Liberdade


Delator do esquema Mensalão, Jefferson teve a pena perdoada pelo STF no final do mês passado e pretende voltar à vida pública. Na semana passada, por exemplo, ele esteve na Câmara dos Deputados pela primeira vez desde que deixou a prisão –em Brasília, chamou Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de "herói" e disse que pediria votos pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.


"Eu volto para me reconciliar com a opinião pública nacional", afirmou. Ele disse que melhorou depois da condenação e que quer "peregrinar" pelo país.

##### Sem álcool


Se depender do prefeito Alcides Bernal (PP), os torcedores de Campo Grande vão continuar assistindo aos jogos dos seus times de ‘bico seco’, ou seja, sem a cervejinha para aliviar o calor. Ele vetou projeto do vereador Carlão (PSB) que permitia a volta da venda de bebidas alcoólicas nos estádios da Capital. Se a decisão é boa ou ruim para o futebol daqui, somente quem vai ao estádio é quem pode avaliar.


O futebol no País sempre esteve atrelado à cerveja e isso é cultural. Cabe ao torcedor questionar a proibição ou aceitar. Só não pode é deixar de ir ao estádio e torcer pelo seu time de coração.

##### Dúvida cruel


Os candidatos que vão às urnas nas eleições de outubro estão entre a cruz e a caldeirinha. Isso, porque, eles não contavam com um processo de impeachment no meio do caminho. Sabem, de antemão, que não podem contrariar seus potenciais eleitores sob o risco de perderem votos preciosos no dia 2 de outubro.


Outro detalhe que precisa ser levado em consideração diz respeito ao voto do povão, aquele que decide o resultado de qualquer pleito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias