Dourados – MS terça, 29 de setembro de 2020
Dourados
37º max
21º min
CIÊNCIA

Doença de Celulari pode atingir 10 mil brasileiros em 2016

03 Jul 2016 - 10h29
Edson Celulari. - Crédito: Foto: DivulgaçãoEdson Celulari. - Crédito: Foto: Divulgação
O ator Edson Celulari, 58, anunciou estar com um tipo de câncer do sangue considerado raro, o linfoma não Hodgkin. A doença tem ganhado mais notoriedade, não só por ter acometido pessoas públicas – como o ator Reynaldo Gianecchini e a presidente afastada Dilma Rousseff –, mas também pelo salto no número de casos nas últimas décadas, sendo o câncer que mais cresceu no mundo.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o número de casos de linfoma não Hodgkin praticamente dobrou nos últimos 25 anos. A estimativa para este ano é de 10.240 registros da doença – 5.210 em homens e 5.030 em mulheres.

Entretanto, as causas do aumento ainda são desconhecidas. "O linfoma é uma doença ‘democrática’. Ela atinge igualmente homens e mulheres de todas as idades. Mas atinge principalmente os mais velhos. A população acima dos 60 anos está aumentando no mundo, e esse é um dos componentes do aumento da doença", explica o hematologista Carlos Chiattone, que é um dos diretores da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) e coordenador do núcleo de linfomas do Hospital Samaritano de São Paulo.

Porém, o envelhecimento da população explica somente uma parte do crescimento do número de linfomas, o que faz os cientistas acreditarem que há alguma causa ambiental relacionada.

"Uma das hipóteses é que os agrotóxicos sejam a causa. Ainda não é possível afirmar porque esses estudos demandam acompanhar as populações por longos períodos, mas é uma possibilidade", aponta Chiattone.

Chances

Se por um lado os casos de linfomas estão aumentando, por outro o prognóstico de cura é animador. "Se o tumor for mais agressivo, as chances de cura são em torno de 60% a 70%. Se o diagnóstico for feito em estágio inicial, sobe para 90%. Até os tumores indolentes, que são incuráveis, são bem possíveis de ser controlados", comenta o patologista Fernando Soares, diretor do departamento de anatomia patológica do hospital AC Camargo Cancer e membro da Sociedade Brasileira de Patologia (SBP).

Os linfomas são o campo da medicina em que as imunoterapias (tratamentos que vão diretamente nas células cancerígenas) estão mais desenvolvidas, aumentando ainda mais as chances do paciente.

Sintomas

Nem sempre o linfoma aparece acompanhado de sintomas, mas quando há manifestação clínica, os sinais mais comuns são febre, sudorese intensa, perda de peso e de apetite e aparecimento de linfonodos aumentados no corpo, também conhecidos como ínguas.

"Quando essas ínguas surgem em regiões como pescoço ou axilas, as pessoas costumam notar mais rapidamente, mas, dependendo de onde a doença estiver localizada, as ínguas só vão ser notáveis quando a doença estiver mais avançada", diz o especialista.

Scheinberg explica que não há fatores de risco bem definidos para o aparecimento do linfoma. "Em alguns casos, ele pode estar associado a condições em que o sistema imune está comprometido, como em situações de pós-transplante. Há também casos de infecções associadas ao linfoma, mas na maioria dos casos, a causa não está bem definida", diz.

O especialista diz que, por mais que o linfoma possa surgir em uma área específica do organismo, a doença deve ser tratada de forma mais abrangente, porque o sistema linfático está presente em todo o corpo e, portanto, as células tumorais também podem estar espalhadas.

Por isso, não é possível combater esse tipo de câncer com uma cirurgia, por exemplo. "O tratamento mais indicado inclui quimioterapia e, em alguns casos, radioterapia", diz o especialista. Em casos muito específicos, o tratamento complementar é feito com um autotransplante de medula óssea. O procedimento foi adotado no caso de Reynaldo Gianecchini.

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Últimas Notícias