Dourados – MS sexta, 05 de junho de 2020
Dourados
26º max
14º min
JBS (Fazer o bem)
Bebês e Crianças

Sansão e Dalila estreiou ontem na Record

04 Jan 2011 - 09h38
Sansão de Dalila, que estreiou ontem na Rercord - Sansão de Dalila, que estreiou ontem na Rercord -
Em 2010, a Rede Record resolveu investir pesado na teledramaturgia. Aproveitando o sucesso de A História de Ester, exibida em março do ano passado, a emissora decidiu voltar os olhos para as histórias bíblicas.

Sansão e Dalila, minissérie em 16 capítulos com texto adaptado de Gustavo Reiz e direção de João Camargo, estreiou ontem. De acordo com o diretor de teledramaturgia da emissora, Hiran Silveira, esta será a produção mais cara já desenvolvida pela emissora. O custo de cada capítulo está sendo avaliado em R$ 800 mil. Outro ponto para a atração é a convocação de atores globais para o elenco. A atriz gaúcha Mel Lisboa, há três anos na geladeira da Rede Globo, foi convidada para viver a protagonista Dalila, a cortesã filisteia que seduz o herói Sansão.

Durante a coletiva de imprensa, Hiran Silveira revelou que viajou até Los Angeles para perceber as novidades e tendências do cinema norte-americano. “As cenas presentes aqui não deixarão a desejar a nenhum filme de Hollywood”, certificou o diretor, que anunciou ainda que este será o primeiro trabalho produzido integralmente em HD.

A trama bíblica, que se passa no ano 1150 a.C., narra a história de um povo israelita fortemente oprimido e perseguido pelos filisteus. O poder estava descentralizado e a população, submetida a ameaças, clamava por libertação. Nesse contexto, Zilá (Lu Grimaldi), uma mulher estéril que sempre sofreu por não ter filhos com o marido, Manoá (Roberto Frota), recebe a visita de um mensageiro de Deus. O homem anuncia que ela conceberia um menino.

Este, que receberia o nome de Sansão (Fernando Pavão), nasceria dotado de uma força incomum e começaria a livrar seu povo da dominação, transformando-se num herói justo, carismático e polêmico. Um homem capaz de derrotar, sozinho, exércitos armados e animais selvagens, mas que não resiste à força de uma mulher: a cortesã filisteia Dalila (Mel Lisboa).

A adaptação do escritor Gustavo Reiz, que sai do grupo de apoio e estreia como titular na emissora, procurou se manter fiel à trama original, embora tenha se preocupado em trazer os principais elementos que resultem num bom produto de entretenimento. “Me mantive fiel à história, mas 30 personagens foram criados para dar sustentação à trama e acentuar os elementos fundamentais para despertar o interesse do telespectador: ação, suspense, romance e humor”, valorizou o autor.

As filmagens de Sansão e Dalila, que tiveram início em julho de 2010, não se restringiram ao estúdio. Algumas cenas também foram gravadas em Madre de Deus (MG), Natal (RJ), Niterói (RJ) e nas praias cearenses do município de Beberibe. (O Povo)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados
ESPECIAL DIA DAS MÃES

Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados

10/05/2020 09:17
Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada
Covid-19

Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada

19/04/2020 10:23
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada
Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica
Saúde

Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica

19/02/2020 15:10
Câmara cria comissão especial sobre violência obstétrica
Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos
imunização

Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos

19/02/2020 10:15
Vacinação contra sarampo vai até 13 de março para pessoas de 5 a 19 anos
Últimas Notícias