Dourados – MS quinta, 03 de dezembro de 2020
Dourados
29º max
22º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Bebês e Crianças

Projeto do “Ponto de Cultura Todas as Idades” recebe prêmio nacional

09 Fev 2011 - 09h14
De Dourados - Crédito: Foto :ANUDe Dourados - Crédito: Foto :ANU
“Oficina de tecelagem indígena“, do Ponto de Cultura Todas as idades, de Dourados, foi o projeto de Mato Grosso do Sul contemplando com o ANU, prêmio nacional criado pela Central Única das Favelas (CUFA). O projeto premiado, entre outros que concorreram no Estado, é gerido pelo Instituto para o Desenvolvimento da Arte e da Cultura (IDAC) e Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), com patrocínio do Ministério da Cultura (MINC).

Comissão instituída pela CUFA em todas as unidades federativas escolheu os melhores projetos. Com o reconhecimento do projeto do IDAC, Dourados finalmente é projetado em nível nacional com um trabalho que, juntamente com tantos outros produzidos na cidade, contribuem para o desenvolvimento humano.

O evento, que aconteceu segunda-feira no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, premiou um projeto sóciocultural de cada estado, considerados responsáveis por impactar positivamente as comunidades ao redor do Brasil.
A presidente do IDAC, a douradense June Torres, recebeu o prêmio entregue pelo ator Edson Celulari e dedicou à Rosalia Marques, instrutora do curso de tecelagem indígena que morreu no ano passado.

June também agradeceu ao poeta e coordenador de cultura da UFGD, Emmanuel Marinho, que idealizou o projeto detentor do prêmio. “Foi uma noite de muita emoção e encantamento, um momento inesquecível, conhecer e trocar experiências com pessoas que protagonizam projetos e iniciativas pioneiras e de grande relevância social para o país. Momentos como este nos faz acreditar que é possível construir um mundo melhor, um pais melhor, mais justo e mais solidário.”, comemora June Torres.

O Anu é um prêmio nacional criado pela Central Única das Favelas (CUFA) que tem o intuito de identificar e reconhecer publicamente iniciativas de instituições, fundações, ONGs, empresas, indivíduos, governos, universidades, associações de moradores e afins, que sejam voltadas para a busca do equilíbrio social e cultural brasileiro.

#####OFICINA DE TECELAGEM

A oficina de Tecelagem Indígena, oferecida na aldeia Jaguapiru em Dourados, começou em maio de 2009 através do Ponto de Cultura Todas as Idades, ministrada pela índia guarani Rosália Marques (in memorian) que no passado integrou grupo de tecelãs tradicionais de sua comunidade.

Emmanuel Marinho conta que até a década de 70 havia um centro de tecelagem indígena em Dourados, com uma produção fantástica, e os produtos que resultavam deste trabalho eram, em sua maioria, exportados para vários países. Na década seguinte o trabalho estava parado e surgiu a idéia da oficina para resgatar a forma de expressão tradicional das comunidades indígenas, valorizando o potencial artístico das tecelãs e oferecendo autonomia econômica.

O projeto teve uma produção significativa de mantas e cachecóis que foi exposta e comercializada. Em junho de 2010, com a morte de Rosália Marques, as atividades do Ponto de Tecelagem foram interrompidas para ressurgir depois com o projeto do IDAC “que vem ajudando mulheres indígenas a continuar tecendo sonhos”, diz Emmanuel Marinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
MS tem 131 crianças disponíveis para adoção
Acolhimento

MS tem 131 crianças disponíveis para adoção

21/10/2020 13:27
MS tem 131 crianças disponíveis para adoção
Últimas Notícias