Dourados – MS quarta, 15 de julho de 2020
Dourados
28º max
14º min
Respeito à Vida/ALMS (Ramal)
Bebês e Crianças

Morre Lemmy Kilmister líder do Motörhead

30 Dez 2015 - 07h00
Líder da banda inglesa de heavy metal Motörhead, Lemmy Kilmister. - Crédito: Foto: DivulgaçãoLíder da banda inglesa de heavy metal Motörhead, Lemmy Kilmister. - Crédito: Foto: Divulgação
O líder da banda inglesa de heavy metal Motörhead, Lemmy Kilmister, morreu vítima de câncer na última segunda-feira, em sua casa, aos 70 anos de idade. Segundo publicação na página oficial do grupo no Facebook, o vocalista e baixista descobriu no sábado que sofria de uma forma “extremamente agressiva” da doença.


“Não há maneira fácil de dizer isso... nosso poderoso e nobre amigo Lemmy morreu hoje após uma curta batalha contra um tipo extramente agressivo de câncer”, afirma a publicação. “Ele estava em sua casa, sentado em frente ao seu video game favorito com sua família.”


A morte do líder da banda britânica significa também o fim do grupo, afirmou ontem, o baterista do trio, Mikkey Dee, ao jornal sueco Expressen.


“O Motörhead acabou, claro. Lemmy era o Motörhead, mas a banda vai continuar viva na memória de muita gente”, afirmou o baterista ao “Expressen”.


“Não faremos mais turnês. E não haverá mais discos. Mas a marca sobrevive, em Lemmy vive no coração de todos.”


Mikkey Dee lembrou também que a saúde de Lemmy estava comprometida nas últimas apresentações do Motörhead. “Ele estava terrivelmente magro, gastava toda a energia no palco e depois ficava muito, muito cansado”, disse o músico.


“Era inacreditável que ele conseguisse tocar, que tenha conseguido terminar a turnê europeia. Isso aconteceu apenas 20 dias atrás. Inacreditável”, continou o baterista. Para ele, o Motörhead encerrou a carreira da melhor maneira possível.


“É fantástico que nós tenhamos sido capazes de terminar a turnê com ele [Lemmy]. Me alegra que não tenhamos cancelado por causa do Lemmy. Me sinto incrivelmente grato por todos esses anos, e nos divertimos muito juntos.”


Ian “Lemmy” Kilmister era membro fundador do Motörhead e o único fator constante na banda nos últimos anos. Ele havia completado 70 anos na quinta-feira passada.


Quarenta anos depois de sua criação, a banda metaleira ainda tem um séquito de fãs fiel, graças à sua destruidora guitarra e à voz inconfundivelmente grave de Lemmy. Ao longo da carreira, lançaram cerca de 20 álbuns, alcançando 30 millhões de discos vendidos ao redor do mundo.


Reconhecível também pelas costeletas e as pintas no rosto, Lemmy era, há tempos, um dos maiores representantes do estilo roqueiro de vida. Dizia-se que costumava beber uma garrafa de whisky Jack Daniel’s por dia.


O vocalista vinha enfrentado problemas de saúde há alguns anos. Entre outros, um diabetes do qual sofre há anos e que forçou o Motörhead a adiar uma turnê europeia em 2013.


Lemmy garantia ter parado de beber e que abandonou o cigarro. O Motörhead participava de uma longa turnê por América do Norte e Europa. Neste ano, a banda chegou a cancelar ou encurtar diversas apresentações, inclusive sua participação no festival brasileiro “Monsters of Rock”, em abril.

Repercussão


Ozzy Osbourne, cantor, no Twitter:


“Perdi um dos meus melhores amigos, Lemmy, hoje. Ele fará muita falta. Era um guerreiro e uma lenda. Te verei do outro lado.”


Gene Simmons, vocalista e baixista do Kiss, no Twitter:


“Lemmy: descanse em paz. Balance os céus, meu amigo.”


Paul Stanley, vocalista e guitarrista do Kiss, no Twitter:


“Lemmy morreu. Verdadeiramente alguém único. Havia mais nele do que a maioria sabia. Descanse em paz.”
Tom Hamilton, baixista do Aerosmith, no Twitter:


“Lamento saber que Lemmy Kilmister morreu. Grato pelos poucos e breves momentos que Jay e eu passamos com ele. Condolências aos amigos e à família.”


Sharon Osbourne, empresária, no Twitter:


“Meu querido amigo, Lemmy, morreu hoje. Eu o conhecia por 38 anos. Ele fará muita falta, mas nunca será esquecido.”


Travis Barker, baterista do Blink 182, no Instagram:


“Nunca pensei que o dia chegaria... Descanse em poder, Lemmy. Você é e sempre será um deus do rock e um dos melhores a fazê-lo. Você inspirou muitos, através de sua música, que você viva pra sempre.”


Corey Taylor, vocalista do Slipknot e do Stone Sour, no Twitter:


“Meu amigo morreu hoje. Nós todos sentiremos falta de você. Seu nome era Lemmy, e você tocava rock’n’roll. Descanse em paz, meu amigo.”

Deixe seu Comentário

Leia Também

Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados
ESPECIAL DIA DAS MÃES

Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados

10/05/2020 09:17
Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada
Covid-19

Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada

19/04/2020 10:23
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada
Últimas Notícias