Dourados – MS domingo, 28 de fevereiro de 2021
Dourados
36º max
22º min
Influx
Falecimento

Corpo da atriz Elke Maravilha é velado no RJ

17 Ago 2016 - 08h30
A atriz morreu no Rio de Janeiro, no início da madrugada desta terça - Crédito: Foto: DivulgaçãoA atriz morreu no Rio de Janeiro, no início da madrugada desta terça - Crédito: Foto: Divulgação
Por volta das 8h50, o corpo foi preparado e recebeu uma maquiagem especial e uma roupa que Elke usou no espetáculo "Elke canta e conta", que, segundo o irmão Frederico Grunupp, ela gostava muito e foi confeccionada pelo estilista Breno Bealt, natural de São João Del Rey, em Minas Gerais.

A atriz morreu no Rio de Janeiro, no início da madrugada desta terça (16), aos 71 anos. Elke estava internada na Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, desde o dia 20 de junho.

O irmão de Elke, Frederico, em entrevista ao G1, disse que ela foi operada de uma úlcera e ficou em coma induzido. A atriz morreu por volta de 1h.

Antes de ser internada, Elke vinha se apresentando pelo país com o espetáculo "Elke canta e conta", onde falava de passagens de sua vida desde a infância na Rússia, os casamentos e a vida como modelo e apresentadora.

Carreira

Elke Grunnupp nasceu na Rússia, em 1945. Chegou ao Brasil ainda criança com os pais, para morar em Minas Gerais. Começou a trabalhar como modelo e manequim aos 24 anos. A carreira na televisão iniciou na "Discoteca do Chacrinha". Depois fez novelas, filmes e peças.

Passou seis dias presa durante o regime militar por desacato, após rasgar um cartaz de procurado com a foto do filho da estilista Zuzu Angel, para quem desfilava.

Foi também secretária, bibliotecária, bancária, professora e tradutora. Casou-se várias vezes, já disse ter feito aborto, foi rainha de associação de prostitutas no Rio, estrela do cinema e viveu a vida intensamente.

Em entrevista ao G1, em junho de 2015, afirmou que ainda tinha muito o que fazer e muito o que aprender. Um dos seus últimos trabalhos na televisão foi uma participação no quadro "O Grande Plano", do Fantástico, em dezembro do ano passado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias