Dourados – MS domingo, 27 de setembro de 2020
Dourados
36º max
24º min
Bebês e Crianças

Morar Mais Por Menos 2015 abre as portas 4ª em Campo Grande

09 Nov 2015 - 07h00
Resultado de um dos ambientes criados na edição passada do Morar Mais por Menos, realizada no Rádio Clube Cidade, na cidade de Campo Grande. - Crédito: Foto: Elvio Lopes/ArquivoResultado de um dos ambientes criados na edição passada do Morar Mais por Menos, realizada no Rádio Clube Cidade, na cidade de Campo Grande. - Crédito: Foto: Elvio Lopes/Arquivo
Depois de destacar uma das mais antigas e mais comercial das vias públicas de Campo Grande, a Rua 14 de Julho e restaurar por completo o quase centenário prédio do Rádio Clube Cidade, a mostra Morar Mais Por Menos abre suas portas na próxima quarta-feira, no casarão histórico nos altos da Avenida Afonso Pena, na Capital e que foi residência do ex-governador Pedro Pedrossian.

Com duração de 40 dias a mostra, considerada pelos organizadores como a mais famosa do País, a Morar Mais Por Menos é conhecida por apresentar soluções inovadoras e levar ao público diversas formas de construir, reformar e decorar casas e ambientes comerciais, o evento já está em sua terceira edição, em Campo Grande. Realizada há 12 anos em nove estados brasileiros, a iniciativa chama a atenção para o “chique que cabe no bolso” e destaca conceitos como a sustentabilidade, customização, inclusão social, tecnologia, inovação e vendas.

No total, a Mostra apresenta 40 ambientes, divididos em 1.700 metros de área construída que se transformarão em vitrine para os profissionais da área e encantar os visitantes em busca de soluções inovadoras, sofisticadas e cheias de personalidade, sempre com os olhares atentos para a sustentabilidade. “O Morar Mais, é uma chance única para os profissionais que buscam ser reconhecidos no mercado, que hoje é tão concorrido”, ressalta o diretor executivo da mostra, Rafael Tonetto.

Rafael Tonetto explica que a finalidade da mostra é transformar os espaços em ambientes residenciais e comercias, mostrando ao público que é possível ter um projeto feito por um profissional, otimizando o espaço e o investimento, de forma viável e mais personalizada. “A mostra existe para apresentar ao visitante que é possível morar com sofisticação sem gastar muito, viabilizando soluções para realizar seus sonhos com custo acessível. Além dos espaços para visitação, a casa vai sediar uma área com restaurante e cafeteria e a loja do Morar Mais”, destaca.

Diferencial

O Morar Mais por menos 2015, como nas outras duas edições, procura homenagear Campo Grande. Na primeira edição em 2012, homenageou a cidade por meio da fachada, que resgatava a identidade arquitetônica e cultural da Rua 14 de Julho. Já na segunda edição, o prédio de época do Rádio Clube Cidade foi sede do evento, que tinha como missão revitalizar não só a estrutura do local, como também resgatá-lo culturalmente.

Na terceira edição, o emblemático casarão branco, da Avenida Afonso Pena, é o escolhido dessa vez. O projeto arquitetônico foi projetado no início dos anos 70 pelo arquiteto campo-grandense Avedis Balabanian e desperta a curiosidade de quem passa pela frente ainda nos dias atuais.

Solidariedade

Nesta edição, o evento ainda será palco de três projetos filantrópicos que serão apresentados ao público que deseja saber mais sobre iniciativas que beneficiam milhares de pessoas, o Talento Solidário que, por meio de um grupo de arquitetos da Capital, reforma escolas carentes, proporcionando melhores condições físicas de ensino; SBT do Bem, um projeto que reúne diversas ações beneficentes e, por fim, o Instituto Amigos do Coração que promove atividades de conscientização e valorização da vida humana.

Premiação

A mostra além de projetar o nome de Mato Grosso do Sul e dos profissionais do setor, para todo o país e para o mundo, também apresenta a oportunidade para os profissionais mostrarem o resultado do seu trabalho em um dos maiores salões de design e móveis do mundo, o Salão Internacional de Milão. Nas edições anteriores do Morar Mais Campo Grande, cinco projetos foram premiados em 2012 e 11 projetos na edição 2013, levando talentos da terra que melhor desenvolveram os conceitos da Mostra para a Itália.

A mostra será inaugurada no dia 11 de novembro e durante 40 dias ficará aberta para visitação de terça a domingo, das 16h às 22h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha
JUSTIÇA

Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha

25/09/2020 16:34
Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha
Comércio aposta em Dia das Crianças para melhores resultados nas vendas
Economia

Comércio aposta em Dia das Crianças para melhores resultados nas vendas

22/09/2020 16:57
Comércio aposta em Dia das Crianças para melhores resultados nas vendas
Crianças de até 1 ano têm baixa taxa de vacinação em Dourados
Saúde

Crianças de até 1 ano têm baixa taxa de vacinação em Dourados

22/09/2020 15:04
Crianças de até 1 ano têm baixa taxa de vacinação em Dourados
“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia
Pandemia

“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia

10/09/2020 15:14
“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia
Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado
Três Lagoas

Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado

02/09/2020 16:42
Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado
Últimas Notícias