Dourados – MS domingo, 20 de junho de 2021
Dourados
19º max
10º min
CURSO

Marco oferece curso de História da Arte

29 Mar 2016 - 10h09
Curso de História da Arte propõe, com eventuais “colagens”, um percurso através do período que precede a instituição da arte que passa a ser chamada contemporânea. - Crédito: Foto: DivulgaçãoCurso de História da Arte propõe, com eventuais “colagens”, um percurso através do período que precede a instituição da arte que passa a ser chamada contemporânea. - Crédito: Foto: Divulgação
O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza no Museu de Arte Contemporânea (Marco) curso de História da Arte, com o artista plástico Pedro Rezende Maia Costa.


O curso de História da Arte, que será ministrado pelo professor Pedro Maia, será baseado em leituras de Giulio Carlo Argan e Serge Faucherau e inclui ainda escrito de vários poetas e pensadores das vanguardas que atravessam o período que se estende de 1860 a 1930, como Reverdy, Baudelaire, Henri Matisse. Trata-se de um recorte que enfatiza o surgimento da arte moderna: do Realismo ao Dadaísmo, de Manet à Malevitch e Marcel Duchamp, no Brasil, Oswald de Andrade.


A proposta é trabalhar com eventuais "colagens", um percurso através do período que precede a instituição da arte que passa a ser chamada contemporânea. Serão seis encontros com duração de 1hora e 30 minutos, a partir do mês de abril, sempre aos sábados, às 16h30. O curso é voltado para acadêmicos, artistas plásticos e todos que tenham interesse em aprofundar seus conhecimentos sobre arte e movimentos de vanguarda. O investimento é de R$ 250 e serão oferecidas 20 vagas.


Pedro Maia é artista plástico, iniciou seus estudos formais em arte na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), onde se graduou mediante bolsa de estudos em Arte com habilitação em Artes Visuais em 2015. Durante esse período, participa de diversas mostras coletivas, entre elas, Emergênese – Momento Crítico e Fortuito (2008), na Casa da Xiclet, Entretanto – O desvio é o alvo (2011), com curadoria de Fernando Oliva e Luísa Duarte e Passagem Paisagem (2015), na galeria Emma Thomas, com curadoria em parceria com Adriano Casanova.


As inscrições para o curso deverão ser feitas pessoalmente no Marco, que fica na Rua Antônio Maria Coelho, 6000, Parque das Nações Indígenas. Informações pelo telefone (67) 3326-7449.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias