Dourados – MS segunda, 14 de junho de 2021
Dourados
26º max
12º min
Bebês e Crianças

Jonir Figueiredo inova coordenando feira de artes na Capital

28 Mar 2016 - 09h17
Rogério Silva finaliza um de seus trabalhos em material do buriti. - Crédito: Foto: Elvio LopesRogério Silva finaliza um de seus trabalhos em material do buriti. - Crédito: Foto: Elvio Lopes
O artista plástico e produtor cultural Jonir Figueiredo, um dos nomes mais atuantes em artes visuais no Estado, está de volta ao mercado de artes com um trabalho inovador, por meio da entidade que preside, o Mbayarte – Núcleo de Produções Artísticas de Mato Grosso do Sul, organizando uma feira de artes plásticas em praça pública, para oportunizar ao público conhecer as criações de reconhecidos artistas sul-mato-grossenses.


A primeira edição, ocorrida no começo deste mês, foi uma experiência que aprofundou as discussões para a criação de uma cooperativa de artes, a CooperArt, para agregar artistas que se propõem a expor seus trabalhos fora dos ateliês e espaços exclusivos destinados a exposições na Capital.


Dessa forma, a Feira de Artes e Artesanato de Campo Grande, vai funcionar todos os primeiros domingos do mês, na Praça das Araras, uma das atrações turísticas da Capital, no final da rua João Rosa Pires, em frente ao Restaurante Casa do Peixe, no bairro Amambaí, onde existe um espaço que foi aprovado pelos artistas que participaram da primeira edição da feira.


Nesse espaço, artistas com o próprio Jonir, que é curador da feira; sua assistente, a artista plástica e grafiteira Marilena Grolli e artistas como Adilson Schieffer, Clara Rahe, Cecílio Vera, Pedro Guilherme, Fábio Castro; Douglas Raldi, procedente de Dourados e o artesão em buriti, Rogério Silva, expuseram e comercializaram seus trabalhos junto ao público que passava pela rua, via a mostra e parava para apreciar e também aos frequentadores de restaurantes nas imediações. Jonir também levou trabalhos de Blanche Torres para a feira.


Jonir confirmou que os artistas estão criando a cooperativa CooperArt, que terá a finalidade de comercializar as produções artísticas para que todos possam ter acesso à arte produzida pelos mesmos a um preço acessível. Para a próxima edição, que deve acontecer dia 3 de abril, outros artistas já confirmaram participação na feira.


Realizada das 9h ás 15h, a Feirarte, em sua primeira edição, ofereceu obras artísticas dos participantes a preços módicos, como trabalhos em óleo sobre tela, grafite, aquarela, além de peças de artesanato criados em materiais diversos, um deles por Rogério Silva, que utiliza material reciclável do buriti para elaborar peças que agradaram muitos dos visitantes da feira.


Para a próxima edição, os organizadores da Feirarte deverão contar com uma estrutura completa da Fundação Municipal de Cultura, como uma tenda, sonorização e apoio para os artistas exporem com maior conforto seus trabalhos. Informações sobre participação na Feirarte ou dos artistas integrantes da futura cooperativa podem ser obtidas pelos telefones (67) 8151-9159 ou 9200-3730.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias