Dourados – MS terça, 22 de junho de 2021
Dourados
26º max
13º min
Coral

Encontro Internacional de Música começa hoje em Dourados

05 Mai 2016 - 18h00
Coro Luther King realiza trabalho no fomento à pesquisa, à divulgação e à execução com projetos de intercâmbio em diversos países da África, América e Europa. - Crédito: Foto: DivulgaçãoCoro Luther King realiza trabalho no fomento à pesquisa, à divulgação e à execução com projetos de intercâmbio em diversos países da África, América e Europa. - Crédito: Foto: Divulgação
O I Encontro Internacional de Música – Uma Ponte Entre Culturas começa hoje em Dourados. O evento terá a presença de mais de 100 músicos provenientes da Hungria, Paraguai, Itália e Brasil.


As apresentações serão realizadas na Igreja Catedral Nossa Senhora da Conceição, Teatro Municipal de Dourados e nas aldeias Bororó e Guarapoy em Amambai. Os concertos vão contar com as participações do regente de Orquestra, Martinho Lutero Galati, Coro Luther King de São Paulo, Associação Cultural Cantosospeso (Canto Suspenso), Coro Didone da Itália; Camerata do Conservatório de Música Santa Cecília de Encarnacíon, do Paraguai, Orquestra de Câmara da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) e Grupo Arandu. Os espetáculos reunirá um repertório com obras europeias- Missa de Santo Ignácio, Domenico Zipolli- escrito para os guaranis nas missões jesuíticas no século XVII, obras indígenas da Aldeia de Amambai elaboradas pelo professor Ismael Moraes, coordenador do Grupo de Dança Arandu, onde as danças serão cantadas, além de uma nova peça guarani composta por Alberto Roque Santana.


A programação começa nesta sexta-feira, às 13h, com apresentações na Escola Municipal Tengatui Marangatu da Aldeia Bororó. Amanhã, a partir das 19h, durante missa celebrada pelo padre Crispim Guimarães, realizada na Igreja Catedral Nossa Senhora da Conceição, acontece os concertos com os grupos convidados. A entrada é gratuita.


No domingo é a vez do Teatro Municipal de Dourados receber os músicos. O espetáculo começa às 19h. A entrada é R$ 20 e mais 1 quilo de alimento não perecível ou R$ 30.


Os ingressos estão a venda na Catedral Nossa Senhora da Conceição, Chocolataria Gramado, Universidade da Pizza, Secretaria do Colégio Anglo, Unigran e Teatro Municipal de Dourados. Na próxima segunda-feira, o cronograma do Encontro Internacional prevê participação dos corais, a partir das 18h, em visita a Aldeia Guarapoy em Amambai. Na ocasião, serão executados cantos populares italianos e clássicos da Música Popular Brasileira (MPB).


O evento é promovido pela Sociedade Internacional de Música para a Educação, Performance e Produção Cultural (SIM) e Fundação Nelito Câmara. As parcerias são da Secretaria Municipal de Cultura, Uems, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Chácara Mãe de Deus e Movimento Ação Humana. Os colaboradores são Gales Park Hotel, Universidade da Pizza, Hallino Soares Filmagens, Chocolataria Gramado e Frutaria Caxias do Sul. Os apoios são do Jornal O PROGRESSO, DZM, Unigran, Kikão Restaurante, Pão da Alegria, Associação de Novos Advogados (Ana), Gráfica Akatsuka, Saco Plast, TV Morena e rádio Coração. Outras informações pelo telefone (67) 8145-9746.

Intercâmbio


A Rede Cultural Luther King foi fundada em 1970 e tem como objetivo de expressar a música coral no seu sentido mais abrangente: cantando a cultura brasileira e dos povos que contribuíram para sura formação. Criado também no mesmo ano, o Coro Luther King realiza trabalho no fomento à pesquisa, á divulgação e a execução com projetos de intercâmbio em diversos países da África, América e Europa. Martinho Lutero Galati é nascido em Minas Gerais e radicado em Milão, Itália. Ele é regente de Orquestra e coro. Após concluir os estudos em Buenos Aires (Argentina), frequentou a Faculdade de História da Universidade de São Paulo (USP). Ele é professor do Instituto de Musicologia de Milão, regente da "Piccola Sinfônica di Milano" e alterna a atividade de regente e compositor junto a importantes teatros da Itália, Alemanha e Suíça. A Camerata do Conservatório da Música Santa Cecília de Encarnación é reconhecido desde 2002, por seu grande impacto transformador nas comunidades rurais. "Nós usamos a música para criar o capital social e reduzir a pobreza. Promovemos a formação em escolas de música, coros e orquestras", diz Luis Szarán, maestro, compositor e pesquisador musical.A Orquestra de Câmara da Uems foi criada em 2005 pela professora e maestrina Mirian Suzuki. Dois anos depois, a Orquestra recebeu o prêmio da Funarte/Petrobras. No ano de 2011, o grupo gravou CD com diversas obras de compositores brasileiros contemporâneos.


O Grupo de Dança Arandu começou as atividades em 2005 e é composto de 40 integrantes, todos da etnia guarani e kaiowa, moradores na Aldeia Guapoy de Amambai.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias