Dourados – MS quinta, 01 de outubro de 2020
Dourados
41º max
24º min
Cinema

“Em Nome da Lei” tem pré-estreia hoje

19 Abr 2016 - 06h00
Pré-estreia do filme “Em Nome da Lei”, realizada dia 13 de abril, no Kinoplex Rio Sul no Rio de Janeiro. - Crédito: Foto: Marília CabralPré-estreia do filme “Em Nome da Lei”, realizada dia 13 de abril, no Kinoplex Rio Sul no Rio de Janeiro. - Crédito: Foto: Marília Cabral
O filme "Em Nome da Lei" tem pre-estreia hoje, em Dourados. A sessão somente para convidados acontece às 21h30, no cinema do Shopping Avenida Center.

Na Capital, a sessão especial é amanhã, às 21h, no cinema do Shopping Campo Grande. Para o público, o longa metragem estreia na próxima quinta-feira, em circuito nacional. "Em Nome da Lei" tem direção de Sérgio Rezende e traz no elenco Mateus Solano, Paolla Oliveira, Chico Diaz e grande elenco. As gravações foram realizadas em Dourados entre março e maio do ano passado. A equipe mobilizou produção local com mais de 730 pessoas, entre atores, figurantes e técnicos. Ao todo, 70 cenários foram montados em 40 pontos da cidade.


A trama é inspirada na vida do juiz federal Odilon de Oliveira. Mostra a sede de justiça do juiz federal Vitor Ferreira (Mateus Solano) que, ao chegar à região de fronteira, constata o esquema do crime organizado liderado por Gomez (Chico Diaz). Para esta árdua missão de desmantelar o império do tráfico, Vítor tem o auxílio da promotora Alice (Paolla Oliveira) e do delegado Elton (Eduardo Galvão).


A diretora do O PROGRESSO e do Douradosagora, Blanche Torres, produtora cultural que atuou em montagens teatrais renomadas como "Meno Male", do dramaturgo e ator Juca de Oliveira, "Cabaret" e no espetáculo baseado no livro "Brida", best seler do escritor Paulo Coelho, dentre outros, interpreta, no filme "Em Nome da Lei", a secretária Terezinha do juiz Vitor (Mateus Solano).


"Ela é ambígua. É amiga da família do traficante e, ao mesmo tempo, trabalha no Fórum, ao lado da lei. Para ela, o Gomez, o bandido, e os demais corruptos do enredo são pessoas queridas. Ela passa a frequentar festas na casa deles", descreve.




O funcionário público douradense Agnaldo Caríssimo ficou empolgado com sua participação no filme, no qual interpreta Onofre, que é o homem de confiança do traficante Gomez (Chico Diaz). A oportunidade surgiu quando uma colega de trabalho viu o anúncio para seleção de figurantes e sugeriu que ele fizesse."No dia do teste, foi pedido um monólogo. Tive a ideia de improvisar fazendo um delegado estressado com as cobranças de sua mulher pela falta de tempo para ficar mais tempo com a família. Como meu desempenho agradou, a produção me pediu que voltasse no outro dia e representasse um jogador de baralho que falasse em castelhano. Como não domino a língua, pedi ajuda para um amigo. Para minha surpresa, depois de algumas semanas, recebi um e-mail comunicando que o papel do comparsa do Gomez era meu", relata. Agnaldo define como enriquecedora a sua primeira experiência no cinema e contracenar ao lado de Chico Diaz, Eduardo Galvão, Mateus Solano, dentre outros. "O clima no set de filmagens foi o melhor possível. Chico Diaz e Sérgio Rezende me ajudaram na construção do personagem. A proposta inicial era gravar sete cenas, mas no decorrer das gravações, foram incluídas o dobro de cenas. Para mim~, foi tudo natural e acredito que descobri uma nova vocação. Já trabalhei na área de segurança privada, mototaxista, ajudante de pedreiro, vendedor de seguros e material de construção", enumera ele, que já começou os contatos fazendo workshops com profissionais de cinema e TV.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha
JUSTIÇA

Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha

25/09/2020 16:34
Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha
Comércio aposta em Dia das Crianças para melhores resultados nas vendas
Economia

Comércio aposta em Dia das Crianças para melhores resultados nas vendas

22/09/2020 16:57
Comércio aposta em Dia das Crianças para melhores resultados nas vendas
Crianças de até 1 ano têm baixa taxa de vacinação em Dourados
Saúde

Crianças de até 1 ano têm baixa taxa de vacinação em Dourados

22/09/2020 15:04
Crianças de até 1 ano têm baixa taxa de vacinação em Dourados
“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia
Pandemia

“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia

10/09/2020 15:14
“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia
Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado
Três Lagoas

Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado

02/09/2020 16:42
Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado
Últimas Notícias