Dourados – MS sexta, 18 de setembro de 2020
Dourados
33º max
19º min
Tradição

Conheça a origem da festa junina

18 Jun 2016 - 06h00
Grande parte das regiões do país, a festa é realizada por meio de quermesses. - Crédito: Foto: DivulgaçãoGrande parte das regiões do país, a festa é realizada por meio de quermesses. - Crédito: Foto: Divulgação
Fogueira, balão, quentão, quadrilha. Estamos no mês das festas juninas. O surgimento foi no período pré-gregoriano como uma festa pagã em comemoração à grande fertilidade da terra às boas colheitas na época que denominaram de solstício de verão.


Essas comemorações aconteciam no dia 24 de junho, para nós, dia de São João. Conhecidas como Joaninas, receberam esse nome para homenagear João Batista, primo de Jesus, que, segundo as escrituras bíblicas, gostava de batizar as pessoas, purificando-as para a vinda de Jesus. Assim, passou a ser uma comemoração da Igreja Católica, onde homenageiam três santos: no dia 13 a festa é para Santo Antônio; no dia 24, para São João; e no dia 29, para São Pedro.


Naquela época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.


Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.


Com o passar dos anos, as festas juninas ganharam outros símbolos característicos. Como é realizada num mês mais frio, fogueiras passaram a ser acesas para que as pessoas se aquecessem em seu redor. Várias brincadeiras entraram para a festa, como o pau de sebo, o correio elegante, os fogos de artifício, o casamento na roça, entre outros, com o intuito de animar ainda mais a festividade.


Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados, relacionados às festividades, são feitos deste alimento. Pamonha, cural de milho verde, milho cozido, canjica, cuscuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos. Além das receitas com milho, também fazem parte do cardápio desta época: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bom-bocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais.


No Nordeste, ainda é muito comum a formação dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas pelos festeiros.


Já nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e sul é tradicional a realização de quermesses. Estas festas populares são realizadas por igrejas, colégios, sindicatos e empresas. Possuem barraquinhas com comidas típicas e jogos para animar os visitantes. A dança da quadrilha, geralmente ocorre durante toda a quermesse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia
Pandemia

“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia

10/09/2020 15:14
“Eu ‘tô’ com saudade do planeta inteiro”: o alto preço pago pelas crianças na pandemia
Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado
Três Lagoas

Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado

02/09/2020 16:42
Pais envolvidos em maus-tratos têm direito de visitas cassado
Suspeito de estupro ocorrido em aldeia indígena é preso pela Polícia Civil
Estupro de Vulnerável

Suspeito de estupro ocorrido em aldeia indígena é preso pela Polícia Civil

02/09/2020 11:34
Suspeito de estupro ocorrido em aldeia indígena é preso pela Polícia Civil
Transtorno de dependência de tela é real e pode danificar o cérebro do seu filho
Infância

Transtorno de dependência de tela é real e pode danificar o cérebro do seu filho

26/08/2020 16:10
Transtorno de dependência de tela é real e pode danificar o cérebro do seu filho
Homem apontado como estuprador de menina de 10 anos é preso em Minas Gerais
Brasil

Homem apontado como estuprador de menina de 10 anos é preso em Minas Gerais

18/08/2020 13:01
Homem apontado como estuprador de menina de 10 anos é preso em Minas Gerais
Últimas Notícias