Dourados – MS quarta, 21 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Bebês e Crianças

Coletivo de artistas plásticos abre exposição

11 Mai 2011 - 09h11
Escultura de madeira de Thamyres Lacerda - Crédito: Foto : DivulgaçãoEscultura de madeira de Thamyres Lacerda - Crédito: Foto : Divulgação
O governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio de sua Fundação de Cultura (FCMS) abre mais uma exposição de artes plásticas em 3D. A exposição ‘Escultura’, que terá sua inauguração amanhã, às 19h e fica aberta ao público até o dia 2 de junho, conta com peças dos artistas, Gleide Inês, J. Nantes, Jorge de Barros, Lino Bambil, Maim, Mauro Yanaze e Thamyres Lacerda.

A mostra integra o Projeto Território Ocupado, idealizado pelo Núcleo de Artes Visuais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul que abre espaço para produções em 2D e 3D, nesta edição, apenas o 3D será explorado. A exposição tem curadoria de Marilena Grolli, gestora de artes e cultura da FCMS, que recentemente expôs sua série “Os Capengas” no Rio de Janeiro.
Já as peças são produzidas por artistas locais como Mauro Yanaze que é ceramista, e tem várias exposições em seu currícu-lo. Com a argila ele tem muita criatividade e ousadia, mostrando em sua arte personalidade e contemporaneidade.

O artista e artesão Jorge de Barros, apresenta uma arte estilizada aproveitando como matéria prima a madeira. Ele ainda confecciona bonecos feitos com espuma, que remetem a temas regionais como onças e jacarés.
A artista plástica Gleide Inês, apresenta em suas cerâmicas muito movimento em suas formas circulares e figuras estilizadas. Conta histórias com sua arte de uma forma muito autêntica.

O escultor J. Nantes, trabalha com mármore as peças produzidas por ele criam formas estilizadas e inspiradoras. Já o escultor naviraiense Maim, trabalha com ferros retorcidos que formam figuras em ações do cotidiano.
As madeiras da artista Thamyres Jacques, mostram esculturas femininas. As peças remetem ao cotidiano da mulher. O artista plástico Lino Bambil, já realizou várias exposições e usa o cipó com elemento para criar sua arte, suas figuras são criativas, o cipó nas mãos do artista, toma formas inusitadas.

O Memorial da Cultura e da Cidadania fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, no centro de Campo Grande. Seu funcionamento é das 7h30 às 17h30. A entrada é franca.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grupo UNP Industrial faz doações de brinquedos a filhos de reeducandos
Solidariedade

Grupo UNP Industrial faz doações de brinquedos a filhos de reeducandos

15/10/2020 10:14
Grupo UNP Industrial faz doações de brinquedos a filhos de reeducandos
Procon Estadual pesquisa variação de preços dos brinquedos
Pesquisa de Preços

Procon Estadual pesquisa variação de preços dos brinquedos

09/10/2020 14:48
Procon Estadual pesquisa variação de preços dos brinquedos
Douradense de 10 anos cria canal para dar dicas de livros
Incentivo

Douradense de 10 anos cria canal para dar dicas de livros

09/10/2020 08:01
Douradense de 10 anos cria canal para dar dicas de livros
CIJ lançará livro de prevenção ao abuso sexual infantil
Infância

CIJ lançará livro de prevenção ao abuso sexual infantil

07/10/2020 17:01
CIJ lançará livro de prevenção ao abuso sexual infantil
Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha
JUSTIÇA

Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha

25/09/2020 16:34
Justiça decide que pai tem direito de visitar a filha
Últimas Notícias