Dourados – MS terça, 09 de março de 2021
Dourados
34º max
22º min
Influx
Bebês e Crianças

Cineclube UFGD

01 Mar 2016 - 06h00
“Som ao Redor”, de Kleber Mendonça Filho, abre a temporada 2016 do Cine UFGD; produção vai ser exibida na quarta-feira 
na unidade 2. - Crédito: Foto: Divulgação“Som ao Redor”, de Kleber Mendonça Filho, abre a temporada 2016 do Cine UFGD; produção vai ser exibida na quarta-feira na unidade 2. - Crédito: Foto: Divulgação
O projeto de extensão Cineclube da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) está com inscrições abertas para as sessões de cinema de 2016. A novidade desse ano é a ampliação do público e dos debates sobre cinema regional, nacional e internacional, com exibições tanto na unidade 1 quanto na unidade 2 da UFGD.


As primeiras sessões serão nesta semana: quinta-feira tem exibição do filme “O Som ao Redor” (2012), de Kleber Mendonça Filho, e sábado é a vez do longa “Que Horas Ela Volta?” (2015), dirigido por Anna Muylaert.


As sessões na unidade 2 serão realizadas pelo Grupo de Estudos InterArtes e ocorrerão toda quinta-feira, às 15h, na sala 7 da Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (Facale), na Cidade Universitária. Já as sessões na unidade 1 são realizadas pela diretoria do Cineclube UFGD e continuam aos sábados, às 17h, no Cineauditório da Reitoria (Rua João Rosa Gões, 1761, Vila Progresso).


As inscrições são úteis para os estudantes que precisam de carga horária de atividade complementar. No entanto, todas as sessões são abertas ao público, sem necessidade de inscrição, com o objetivo de democratizar o acesso e de promover a reflexão sobre cinema, especialmente sobre as produções brasileiras e latinas.


As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local da sessão ou por e-mail, enviando o nome completo e número de telefone para [email protected] O controle da frequência será feito a cada sessão e os participantes terão direito a certificado de extensão a partir de 40 horas de participação, ou seja, 20 sessões de Cineclube, na unidade 1 e/ou na unidade 2. Por isso, as inscrições não tem data de encerramento, já que o parâmetro do certificado são as 40 horas.


Mais parcerias serão realizadas com outros projetos de cinema da universidade, como o Direito e Cinema, por exemplo, para que o participante possa conhecer os variados projetos e aproveitar essa atividade no certificado do Cineclube.

Retratos


Em “O Som ao Redor”, o diretor Kleber Mendonça Filho” comprova que é um profissional a ser observado no cinema brasileiro.


Diante de uma onda de violência, os moradores de uma pacata rua na zona sul do Recife decidem contratar o serviço de seguranças particulares para vigiarem as redondezas. Liderados por Clodoaldo (Irandhir Santos), os vigilantes assumem posição importante na região, caindo nas graças, inclusive, do misterioso Francisco (Waldemar José Solha), que é uma espécie de coronel dos dias de hoje, contando com inúmeros imóveis na área e exercendo muita influência no bairro. Esta é a premissa principal da produção, mas a verdade é que o filme é muito mais que isso. Segundo avaliação do Cine Web, Mendonça Filho faz um retrato poucas vezes visto da classe média brasileira, destacando personagens que se revoltam, mas que não perdem tempo tomando atitude contra o ato que lhe causou revolta. Isso fica evidente na ótima sequência da reunião de condomínio, em que um morador se diz contra uma demissão para, logo em seguida, abandonar a reunião por causa de outros compromissos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias