Dourados – MS sábado, 12 de junho de 2021
Dourados
23º max
13º min
Projeto

Cineclube Guarani estreia dia 20 na Capital

13 Abr 2016 - 06h00
Filme “O Ódio” conta as histórias vividas no subúrbio de Paris. - Crédito: Foto: DivulgaçãoFilme “O Ódio” conta as histórias vividas no subúrbio de Paris. - Crédito: Foto: Divulgação
No dia 20 de abril, estreia em Campo Grande o Cineclube Guarani. O nome do projeto é uma homenagem a esta etnia.


Formado por ativistas de movimentos sociais campo-grandenses, o novo coletivo tem por objetivo descentralizar o acesso à arte e à informação e alcançar os mais diversos públicos do município: comunidades quilombolas, aldeias urbanas, moradores de bairros periféricos, dentre outros.


A proposta é realizar sessões gratuitas de filmes e debates aos espaços onde o cinema não costuma chegar. Para tanto, o grupo vem planejando ações com o intuito de arrecadar fundos para aquisição de seus próprios equipamentos: projetor, caixa de som e telão.


Aqueles que tiverem interesse em colaborar com a causa, terão a oportunidade de apoiá-la durante a estreia do Cineclube, que acontecerá no Museu da Imagem e do Som (MIS) na Capital. Os cineclubistas levarão na ocasião bilhetes de rifas (que custam 2,50) do prêmio "Coleção de Filmes de Almodóvar".


Será exibido, na sessão de estreia, o filme francês "O Ódio" (1995) do diretor Mathieu Kassovitz. O debate será conduzido por Paulo Augusto Fernandes, acadêmico do Curso Ciências Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A sessão tem entrada gratuita e o filme é recomendado para maiores de 16 anos.


"O Ódio", conta as histórias do judeu Vinz (Vincent Cassel), o árabe Saïd (Saïd Taghmaoui) e o pugilista Hubert (Hubert Koundé) vivem no subúrbio de Paris e encaram diariamente a discriminação e os abusos da polícia. Durante mais um dos corriqueiros confrontos com as forças da lei, Vinz encontra uma arma e jura assassinar um policial caso seu amigo Abdel (Abdel Ahmed Ghili), espancado em interrogatório, morra em decorrência dos ferimentos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias