Dourados – MS quarta, 03 de março de 2021
Dourados
32º max
22º min
Influx
Artesanato

Cilso e suas obras estão no caminho da Tocha

10 Jun 2016 - 06h00
Quem visita o Parque Antenor Martins - Crédito: Foto: Paulo YujiQuem visita o Parque Antenor Martins - Crédito: Foto: Paulo Yuji
Artesão há mais de 30 anos, o mestre Cilso Aparecido Tibúrcio, é tido como uma referência do artesanato emMato Grosso do Sul. Por meio de um antigo projeto da prefeitura, o profissional criou diversas obras que identificam Dourados, escolhida como "Cidade Celebração", durante a passagem da Tocha Olímpica, a única do interior do Estado onde a chama irá pernoitar.


Quem visita o Parque Antenor Martins (do Lago), pode encontrar diversas peças do tipo, como a onça-pintada, a família de capivaras, vasos ornamentais até mesmo no CAM (Centro Administrativo Municipal) dominam as referências aos douradenses. É o caso também do ervateiro, na praça da Colônia Paraguai, símbolo do trabalhador durante o processo de colonização, principalmente indígenas e paraguaios, do qual herdamos o famoso tereré (uma mistura erva mate e água gelada).


Nascido em Buritama – São Paulo-o Mestre está no município desde 1972, onde trabalha em seu ateliê "Mão na Massa" no Altos da Monte Alegre. Toda sua arte é exposta, no entanto, no "Galpão Guaicurus", localizada na avenida Presidente Vargas, número 2780. Nesse tempo, ele revela que já ensinou muitas pessoas e acredita na propagação da arte, não só pela cultura, como também pela educação.


Na humildade diante do potencial, ele lembra nomes de uma "ponta à outra" da cidade, como o de Valmir, também chamado por ele de "Mestre Maranhão", que atualmente trabalha com cipó e têm materiais notórios apresentados em um barracão na entrada do bairro Campo Dourado, as margens de BR 463. "Não sou apenas eu. Ensinei muita gente", completa.


Cilso participou de diversas oficinas e feiras pelo Estado, mostrando sua técnica na cerâmica e argila, ministrando palestras. "Enxergo meu trabalho como a continuação da Casa do Artesão. Ela foi extinta, mas eu continuo, atendendo a toda região", declara. Na própria família, Cilso tem precursores, como é o caso da filha, Evelyn Tibúrcio, e do sobrinho, Marlon Beraldo, que trabalha com o grafite 3D em relevo.


O "Galpão Guaicurus" está entre os atrativos turísticos indicados para serem visitados pelos jornalistas nos destinos da Tocha, como é o caso do município. A chama percorrerá 15 quilômetros de revezamento no dia 26 de junho até chegar para a celebração na praça Antônio João. As atividades nesse local serão realizadas a partir das 16h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias