Dourados – MS sábado, 27 de fevereiro de 2021
Dourados
36º max
25º min
Influx
Teatro

Boca de Cena

18 Abr 2016 - 06h00
Cena do espetáculo “A Vassoura da Bruxa” do grupo Unicórnio. A Cia está comemorando 30 anos de atuação. - Crédito: Foto: Jefferson RaveduttiCena do espetáculo “A Vassoura da Bruxa” do grupo Unicórnio. A Cia está comemorando 30 anos de atuação. - Crédito: Foto: Jefferson Ravedutti
Nesta segunda-feira começa em Campo Grande, a Mostra Sul-Mato-Grossense de Teatro e Circo – Boca de Cena. A programação vai até sábado com espetáculos da recente produção teatral do Estado. Também fazem parte da programação seminários, diálogos cênicos e oficinas criativas com os grupos participantes e debates sobre as peças.


A abertura é nesta segunda-feira, com uma homenagem aos 30 anos do grupo Unicórnio, às 19h30 no Teatro Aracy Balabanian, seguida da montagem de "O "Santo e a Porca" da Companhia de Teatro Fulano di Tal. O Festival é realizado em comemoração ao Dia Internacional do Teatro e Dia Nacional do Circo, celebrado em 27 de março e traz para a população uma programação com peças teatrais representativas da recente produção teatral do Estado.


Este ano vão se apresentar 12 espetáculos, entre dramas, comédias, atrações circenses e teatro infantil, inclusive com uma novidade: teatro especializado para bebês. As apresentações acontecerão no Teatro Aracy Balabanian, no Museu de Arte Contemporânea, na Praça Ari Coelho, no Calçadão da Barão.


Dos 12 grupos participantes, dez são de Mato Grosso do Sul e foram selecionados por edital específico, definido coletivamente com o Colegiado Setorial do Teatro. De acordo com a secretária adjunta de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Andréa Freire, o festival também inaugura no Estado a experiência do trabalho de pareceristas experientes, que avaliaram presencialmente as peças escolhidas.


Dois grupos nacionais foram convidados: o La Casa Incierta, uma companhia de teatro hispano-brasileira pioneira no campo das artes cênicas para a primeira infância que cria e divulga o que se conhece como Teatro para Bebês. Com linguagem poética, pretende estar à altura das capacidades infinitas com que nascem os seres humanos; Já a Circo Rebote é formada pelos acrobatas e palhaços Atawallpa Coello, Erika Mesquita e Waskar Coello, que inovam em apresentações de rua e nas variadas linguagens artísticas repletas de acrobacias cômicas, personagens excêntricos e música ao vivo. Ambos são de Brasília (DF).


Mito além dos espetáculos, o Boca de Cena contará também com os Diálogos Cênicos, seminários que reúnem atores, diretores e público, inovando e compartilhando o trabalho e a arte de cada um dos grupos, valorizando a discussão sobre a estética teatral e o intercâmbio de ideias.


De forma paralela estão previstos debates que fazem parte do III Seminário Estadual de Teatro, que discutirá, entre outros temas, o teatro para a infância. Serão ministrantes Clarice Cardell e Carlos Laredo, do grupo La Casa Incierta e Jair de Oliveira, que há mais de 30 anos dirige espetáculos infantis com o grupo Teatral Unicórnio.


O Festival contará com Cia Theastai representando a cidade de Dourados com o espetáculo de rua "Dandys Acrobático". A apresentação será dia 21 de abril às 11h no Calçadão da Barão, entre a 14 de Julho e 13 de Maio. Os atores da peça, João Rocha e Michel Stevan Grando da Theastai ministram no mesmo dia a palestra "Diálogos Cênicos – A Teatralidade nas Artes Cênicas". O local é o Ateliê das Artes do Centro Cultural João Octávio Guizzo e o horário é das 13h30 às 16h.


A Mostra Sul-Mato-Grossense de Teatro e Circo – Boca de Cena é realizada desde 2015 pela Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação do Estado com organização e produção da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e dos Colegiados Setoriais de Teatro e Artes Circenses da Capital.

Serviço


Outras informações com Márcio Veiga, coordenador do Núcleo de Teatro da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul pelos telefones (67) 3318-9170 e 9272-9770. A programação completa pode ser baixada no site da Fundação de Cultura: www.fundacaodecultura.ms.gov.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias