Dourados – MS domingo, 13 de junho de 2021
Dourados
24º max
10º min
Bebês e Crianças

Artesãos recebem Medalha Conceição dos Bugres

22 Mar 2016 - 06h00
Evento foi realizado na última sexta-feira em solenidade realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul; premiação é destinada a pessoas e entidades que tenham se destacado na produção artesanal. - Crédito: Foto: Agência ALMSEvento foi realizado na última sexta-feira em solenidade realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul; premiação é destinada a pessoas e entidades que tenham se destacado na produção artesanal. - Crédito: Foto: Agência ALMS
Uma noite de festa para os artesãos do Mato Grosso do Sul. Eles foram homenageados na última sexta-feira, véspera do Dia do Artesão, em uma sessão solene na Assembléia Legislativa do Estado. A secretária adjunta, Andréa Freire, representou a Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação ao lado do presidente da Fundação de Turismo, Nelson Cintra.


A Medalha Conceição dos Bugres do Artesanato, instituída pela Resolução 04/2013, é destinada pessoas e entidades que tenham se destacado na produção artesanal em todo o Estado. Conceição esculpiu o primeiro bugre em uma cepa de mandioca, após um sonho, e depois passou a utilizar madeira, sempre com facão e machadinha, a golpes rápidos. A cera amarela, para revestir cada peça, foi inserida posteriormente pela artista. Natural de Povinho de Santiago (RS), veio para Mato Grosso do Sul aos seis anos, onde passou a conviver com os bugres – mistura do branco com o índio. Conceição morreu em 1984 e a arte dos bugres foi continuada pelo neto da artista, Mariano.


O diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nelson Cintra, afirmou que o artesanato é uma das mais ricas expressões culturais do Estado e o de fronteira tem sido fomentado pela variação do câmbio. "Com a alta do dólar, passamos a receber ainda mais turistas, especialmente de outros países, que certamente levam para casa muito do artesanato que produzimos", explicou. Atualmente, 3,6 mil artesãos estão cadastrados na Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, embora o número de informais possa representar o dobro desse total. De acordo com estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), oito milhões de brasileiros se dedicam à atividade.


Para o presidente da Associação dos Artesãos de Aquidauana – Grupo de Produtores de Derivados da Bocaiuva e Jatobá, Lorival Silva Santos, é sempre uma alegria dar forma a cada peça. "É um dom e nos sentimos muito felizes de sermos artesãos", disse. Ele se dedica ao macramê, técnica de tecer fios que não utiliza nenhum tipo de maquinaria ou ferramenta. É uma forma de tecelagem manual. A associação reúne 350 artesãos, sendo 220 de aldeias e distritos.


Além de Lourival, foram homenageados os artesãos Ana Elizabete Martines, Ana Vitorino Leodério, Cleusa da Silva Moraes dos Santos, Elizabete Mauro, Eloir Sandra Lescano, Elpídio Alves de Freitas, Enedélia Ferreira Alves, Jane Clara Arguello, Leandro Silva Mateus, Levi Batista do Nascimento, Lourdes do Nascimento, Lucimar Maldonado Silva, Luiz Mauro dos Santos, Marlene Monteiro Machado, Odenir Marin Bogalho, Paulina Garcia Gões, Ranulfo Martins de Oliveira, Regina de Castro Arruda, Rosalina Verão Lupinette, Rosângela Sandin da Silva, Rosilene de Oliveira Rosa, Vera Maria Fioravante, a Associação dos Artesãos de Mato Grosso do Sul (ARTMS) e a Associação de Arte e Artesanato Vale da Esperança (AAAVE).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias