Dourados – MS sábado, 18 de setembro de 2021
Dourados
38º max
22º min
Bebês e Crianças

A força do povo paraguaio

21 Jun 2011 - 09h45
Grupo de dança representa a solidez da cultura paraguaia - Crédito: Foto : DivulgaçãoGrupo de dança representa a solidez da cultura paraguaia - Crédito: Foto : Divulgação
A presença dos paraguaios no Estado é tão marcante que eles ganharam um dia próprio no calendário oficial. Juntamente com nordestinos, gaúchos e nipônicos, os hermanos ajudaram a construir a identidade multicolorida do sul-matogrossense. O tema ganha espaço esta semana, quando se comemora o Dia do Migrante, em 19 de junho.

O presidente da Associação da Colônia Paraguaia de Dourados, Elizeu Cristaldo, ressalta o fluxo migratório dos patrícios na construção do Mato Grosso do Sul. “A cultura dos paraguaios está impregnada nos nossos costumes. A polca, a guarânia e o chamamé são gêneros musicais indispensáveis nos bailes. A chipa é sucesso de venda em todas as padarias, enquanto uma rodada de tereré bem gelado reúne os amigos no fim de tarde”, completa Elizeu.

Estudos indicam que no Estado residem cerca de 300 mil paraguaios e descendentes, sendo 30 mil na região da Grande Dourados. “O processo da pós Guerra do Paraguai fez com que as pessoas migrassem para as cidades do Mato Grosso do Sul e a preservação da língua guarani está presente no dia a dia do sul matogrossense”, ressalta Elizeu.

Ele reconhece que os laços de amizade entre brasileiros e paraguaios foram reforçados com a instituição da Lei 2.335 de 2001, por proposição do deputado estadual Antônio Carlos Arroyo, que instituiu no calendário oficial, o 14 de maio, como o Dia do Povo Paraguaio. “A Independência Paraguaia foi um marco histórico que ocorreu na madrugada de 14 para 15 de maio de 1811, onde o Paraguai se tornou república e logrou ser um país independente do domínio espanhol”, frisa Elizeu.

No mês de maio, a comunidade paraguaia teve comemoração tripla: bicentenário da independência paraguaia no Brasil, o dia 14 de maio, em que se festeja a trajetória do povo paraguaio no Mato Grosso do Sul e os 20 anos de fundação da Associação da colônia em Dourados.

A Câmara realizou sessão solene em homenagem aos pioneiros paraguaios e sócio fundadores da colônia de Dourados. Na ocasião, 17 moradores de descendência paraguaia receberam Moção Moção de Congratulações: Apolinária Lescano Vilhalba, Arnaldo Freitas, Aurina Vider de Araújo, Bonifácia Melgarejo Ximenes, Cândido Gimenes, Cecília Ferreira Espíndola, Froilan Morel Morilla, Gregória Livrada Benites Villamayor, João Batista Ledesma, João Maria de Souza, Mary Nunes, Mauro Fulgêncio Alegre, Meliana Alvarez Rojas, Onorio Ovando, Pascual Eduardo Perez, Pedro Lopes e Walmor Romeiro Saldanha.

“São abnegados e valorosos sócios fundadores, homens e mulheres que, com muito esforço, realizaram importantes trabalhos e marcaram a trajetória sócio-cultural da Colônia, que vieram para esta região do Brasil, desde a década de 30”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias