Dourados – MS quarta, 16 de junho de 2021
Dourados
26º max
13º min
Variedades

Antes do mosquito

26 Jan 2016 - 07h00
Antes do mosquito -
O secretário municipal de saúde Sebastião Nogueira, tem pulado cedo todos os dias, bem antes do mosquito da dengue e coordenado os mutirões que estão percorrendo todos os bairros de Dourados com vistas a conter uma epidemia de dengue na cidade. Isso tem feito parte da rotina dele enquanto médico e secretário de saúde.


##### A Muriçoca


Mas no lado político e do PMDB, Sebastião Nogueira tem como desafio, não o mosquito, mas sim, uma Muriçoca de rodinha de trator, que faz bastante barulho. Muitas águas ainda vão rolar mas nessas alturas o repelente para espantar a Muriçoca já deve ter sido preparado, não só por ele mas por grande parte do PMDB local. Na convenção, vai voar jaleco branco pra todo lado. Vale a pena esperar pra ver.

##### Regredindo no tempo


De acordo com a lógica as pontes de madeira foram sendo substituídas pelas de concreto no estado, pois evidentemente que seriam mais resistentes. Seriam, pois descobriu-se que já não se fazem mais pontes de concreto com o concreto mais resistente do que a madeira. Isso que é regredir no tempo e no espaço?

##### Projeto falho


Diante do projeto falho e do prejuízo R$ 1,3 milhão com a queda de uma única ponte em Guia Lopes da Laguna, o diretor-presidente da Agesul, Marcelo Miglioli, informou que será realizada uma auditoria técnica sobre todas as outras que possuem o mesmo projeto. “Vamos contratar uma consultoria e já estamos analisando a forma de contratação, pois temos que fazer isso o mais rápido possível”.

##### De madeira


A ponte que cedeu era relativamente nova. Foi inaugurada em abril de 2012, com investimentos do Ministério da Integração Nacional no valor de R$ 30 milhões, e que contemplou a reconstrução 37 pontes de madeira danificadas pelas chuvas do ano de 2011. Fica difícil entender que uma ponte de madeira seja mais resistente do que a de concreto. Como as coisas estão invertidas ultimamente em MS.

##### Braços cruzados


Hoje e amanhã (26 e 27 de janeiro), os Analistas-Tributários da Receita Federal paralisam as atividades em todo o País para aguardar a apresentação formal da proposta de reestruturação salarial que deverá ser encaminhada pelo Ministério do Planejamento ainda esta semana.

##### Sem emissão


Não serão realizados atendimentos nas unidades da Receita Federal em todo o País. Será suspenso o atendimento ao contribuinte, não serão efetuadas: a Emissão de CND, o Parcelamento de Débitos, a recepção de documentos Malha Fiscal, a Emissão de DARF e GPS entre outros. Também serão paralisados os serviços nas Alfândegas e Inspetorias como Despachos de Exportação, Conferência Física, Trânsito Aduaneiro, Embarque de Suprimentos, Vigilância Aduaneira, Repressão entre outros.

##### Não vai


O ex-ministro Delfim Netto avalia que o impeachment da presidente Dilma Rousseff não vai prosperar no Congresso. A afirmativa se deve ao recente entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que delegou ao Senado a possibilidade de arquivar a medida, mesmo se a Câmara aprovar o afastamento da petista.

##### Já acabou


“Acho que é tempo de a gente entender, não tem mais impeachment… Já acabou. Só tem uma saída. É a Dilma assumir de volta a Presidência ou é o caos e vamos ter de esperar mais três anos. O caos significa satisfazer as previsões que estão aí: perder mais 3% do PIB neste ano, mais 4% no ano que vem. E em 2018, quando começar a campanha eleitoral, aparecer alguém que dê alegria para o Brasil, como aconteceu com o Maurício Macri na Argentina”, afirmou o economista em entrevista ao jornal Valor Econômico.

##### Nas cordas


“Ou a presidente assume a responsabilidade e vai, no dia dois de fevereiro, ao Congresso Nacional com os projetos de reforma constitucional e infraconstitucional, ou será o caos. Ela deve ir ao Congresso e dizer: ‘Agora vamos ver quem é o responsável, porque eu não acredito que vocês não vão aprovar e decidi fazer um teste. Se os senhores quiserem, não aprovem’. E vai para a rua contar para o povo o que tem de ser feito. Ela tem de colocar o Congresso nas cordas. O presidencialismo não funciona sem presidente.”

##### Nunca tantos


Desde que o ex-presidente Lula assumiu a Presidência da República, em 2003, nunca tantos brasileiros avaliaram que o país está no caminho errado quanto agora: 82%. Os dados são de pesquisa do Ibope para a coluna de José Roberto Toledo, do jornal O Estado de S.Paulo.

##### Direção certa


De acordo com o colunista, o levantamento apontou que apenas 14% acham que o Brasil está na direção certa; outros 4% não souberam dizer. Na pesquisa anterior, em abril de 2015, pouco após as maiores manifestações pelo impeachment da presidente Dilma, o percentual dos que tinham opinião negativa sobre o futuro do país era de 75%. Antes, em julho de 2014, esse percentual era de 53%.

##### Em redutos


A contrariedade com o rumo nacional é maior entre os jovens (88%), nas grandes cidades (87%), no Sudeste (87%) e entre quem ganha mais (88%), destaca Toledo. Mas também é elevada em redutos onde a presidente costuma ter mais apoio, como no Nordeste (77%) e entre os mais pobres.

##### O pouco


“A oposição não conseguiu liderar uma mudança de rumo. Prevaleceram o medo de perder o pouco que sobrara e o auto-engano de que a própria presidente comandaria um cavalo-de-pau. Como a guinada não aconteceu, a percepção de contramão aumentou”, avalia o jornalista. Em um ano e meio, o percentual de quem acreditava que o país estava no caminho certo caiu de 42% (2014) para os atuais 14%.

##### Ano do mensalão


O momento atual reflete um pessimismo muito maior do que o registrado em dezembro de 2005, ano do mensalão e da pior crise do governo Lula. Naquela ocasião, 30% acreditavam que a direção dada pelo petista ao país estava correta, lembra o colunista.

##### Que frase!


“Deus não deu asas à cobra, mas fez pior: deu-as ao pernilongo, ao marimbondo e à muriçoca”. (Saint-Clair Mello).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sul-mato-grossense é eleita Miss Universo Plus Size
MERECIDO

Sul-mato-grossense é eleita Miss Universo Plus Size

30/04/2021 14:59
Sul-mato-grossense é eleita Miss Universo Plus Size
Últimas Notícias