Dourados – MS quinta, 24 de setembro de 2020
Dourados
33º max
17º min
AGEPEN

Agepen leva acolhimento a servidores penitenciários aposentados

08 Abr 2016 - 10h03
Agepen leva acolhimento a servidores penitenciários aposentados - Crédito: Foto: Divulgação/Agepen Crédito: Foto: Divulgação/Agepen
Pessoas que ajudaram a escrever a história do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul, que dedicaram anos de suas vidas para uma sociedade mais segura e justa, e que hoje estão aposentados, tiveram uma manhã especial preparada pela Diretoria de Administração e Finanças da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por meio o Núcleo de Apoio Psicossocial ao Servidor.

O "I Encontro Estadual para Servidores Aposentados da Agepen/MS" foi realizado no último dia 31, na Escola Penitenciária, envolvendo palestras, roda de conversa e momentos de descontração e confraternização. A experiência serviu não só para relembrar o passado, e conhecer melhor a situação atual em que eles estão, mas também para ajudar a construir um futuro melhor para os que ainda estão na ativa.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, a ação faz parte da política de valorização do servidor, que está sendo construída não só na instituição, como também em nível de Governo. A intenção, segundo ele, é proporcionar o acolhimento de pessoas que não estão mais trabalhando, contribuindo para que os vínculos não se percam.

A iniciativa, conforme explicou o coordenador do projeto, Arnold Rosenacker, diretor de Administração e Finanças da Agepen, também servirá de base para o desenvolvimento de um "programa de desaceleração". "Por meio do Núcleo de Apoio Psicossocial ao Servidor, estamos implantando um programa votado às pessoas que estão entrando no tempo de se aposentar; a intenção é que realizemos iniciativas para que esse processo ocorra da maneira mais tranquila possível", informou.

Participantes

O I Encontro Estadual para Servidores Aposentados da Agepen reuniu 21 agentes penitenciários aposentados. Edmundo Belo Espina, 70 anos, foi um dos participantes e revelou que em seus 28 anos de carreira testemunhou e vivenciou várias transformações do sistema penitenciário do Estado. Ele contou que ingressou na carreira penitenciária em 1979, trabalhando no Instituto Penal de Campo Grande, e atuou em várias unidades da capital e do interior, inclusive na "casa de menores", no período em que a carreira era única, se aposentando em 2007, quando atuava como diretor do Centro de Triagem.

Do serviço, Edmundo afirmou que guarda boas recordações, apesar de ter tido de "se adaptar às necessidades, dificuldades e sacrifícios". "A gente tinha receio do tipo de trabalho, mas a maioria dos colegas se empenhava muito, era um ajudando o outro; a cooperação mútua é muito importante nessa profissão", ressaltou.

Sobre o encontro preparado pela Agepen, o agente aposentado acredita que é uma ação muito positiva. "É uma coisa gostosa rever velhos companheiros, alguns eu de vez em quando ainda encontro na rua, mas tem outros que eu nunca mais tinha visto", comentou.

O casal José Rodrigues Maria, 70 anos, e Dalziza Gomes de Oliveira Rodrigues, 59 anos, também dedicaram grande parte de suas vidas trabalhando em prol do sistema prisional, ele na área de segurança e custódia e ela na parte administrativa, e fizeram questão de participar do encontro.

Novas ações

Novas ações voltadas aos servidores penitenciários aposentados estão programadas, segundo a chefe do Núcleo de Apoio Psicossocial ao Servidor, Maria Roseneusa dos Santos Oliveira. "Além de novas reuniões do grupo aqui na Capital e de criarmos um grupo no WhatsApp, estamos buscando a realização desse trabalho também nas cidades do interior", informa.

Dentro dessa proposta, está sendo instituído para os servidores da ativa o "Programa de desaceleração dos servidores em processo de aposentaria da Agepen/MS", objetivando levar o servidor a refletir sobre os aspectos positivos e negativos dessa fase, sobre a importância de se preparar para o futuro, esclarecer questões legais, conhecer seus direitos e decidir sobre o momento adequado para a aposentadoria.

O programa tem como eixo de discussão os aspectos psicossociais, o envelhecimento saudável, o lazer, o desenvolvimento de nova atividade ou ocupação e o planejamento financeiro, pessoal e familiar.

AGEPEN

Deixe seu Comentário

Leia Também

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Últimas Notícias