Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
Conjuntura

Abacaxi

06 Jun 2016 - 06h00
O superendividamento dos estados deve ser tema prioritário na reunião de governadores da próxima quarta-feira (8) com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).


Em MS, a dívida foi questionada judicialmente porque, conforme o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), onera muito os cofres estaduais. Segundo ele, só de juros mensais são mais de R$ 100 milhões.

##### Trégua


Em abril, o pagamento da dívida de cerca de R$ 6 bilhões de MS junto à União foi suspenso por meio de liminar do STF.


Diante da crise e da situação delicada do momento, outros estados conseguiram a mesma medida, entre eles São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro. No entanto, ninguém sabe até quando irá esse "refresco".

##### Testemunha


O ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) vai depor ao juiz Sérgio Moro no dia 24 de junho. Delator da Operação Lava Jato, o ex-representante de MS foi convocado pelo MPF como testemunha de acusação em processo contra o também ex-senador Gim Argello (PTB-DF).


O depoimento do ex-petista está marcado para as 14h de uma sexta-feira que promete ser recheada de novidades em termos de corrupção que, aliás, já virou moda no país.

##### Ombudsman


A delação de Delcídio levou os investigadores da Lava Jato a Gim Argello. O ex-petista relatou a existência de um esquema de cobrança de propina por parte de parlamentares para que empreiteiros não fossem convocados para CPI na Câmara dos Deputados e no Senado.


Argello virou réu porque, há evidências de que o ex-senador pediu R$ 5 milhões em propina para a empreiteira UTC Engenharia e R$ 350 mil para a OAS. Em troca, ele barraria a convocação de executivos das empreiteiras para a CPMI, no Congresso, que investigou o esquema de corrupção na Petrobras.

##### Otimismo


Presidente do diretório regional do PMDB, o deputado estadual Júnior Mochi acredita que o partido deva fazer entre 20 a 23 prefeitos nas eleições municipais de outubro, conforme disse à coluna no fim de semana. Em Campo Grande, o pré-candidato é o deputado estadual Márcio Fernandes, que caso não entre na disputa deverá apoiar um nome a ser eventualmente indicado pelo PSB.


Os peemedebistas se preparam para enfrentar parada dura na campanha deste ano, cujos adversários de momento são o prefeito Alcides Bernal (PP), a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), o deputado estadual Marquinhos Trad (PSD), entre outros que ainda analisam o quadro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias