Dourados – MS segunda, 19 de outubro de 2020
Dourados
34º max
21º min
Influx
Variedades

A fundação de campo grande

03 Jul 2011 - 06h56
alcodan


Na fria manhã morena do dia 22 de junho de 1872, o mineiro José Antonio Pereira, após percorrer cuidadosamente a área de terras, localizada na confluência de dois cursos d’água, acordou o restante de sua comitiva, no caso, seu filho Antonio Luiz, os escravos João e Manoel e mais o sertanista Luiz Pinto Guimarães, índio de origem cuiabana e os comunicou que, ali naquela espécie de mesopotâmia morena era, de fato, o local que procurava e os convidou para iniciarem a edificação de tosco rancho que foi coberto com folhas de palmeira – estava, pois, ao término do singelo rancho, fundada a futura e faceira metrópole sul-mato-grossense, há cento e trinta e nove anos, portanto!



Na verdade, José Antonio e sua comitiva, chegou a referida área de terras no entardecer do dia anterior, início do inverno moreno e, por isso, resolveu acomodar-se ali, até porque a presença de água farta e a chegada do anoitecer assim recomendava.



A caminhada de José Antonio foi, toda ela, orientada pelo experiente guia Luiz Pinto Guimarães, cuja figura até hoje é desprezada pelos historiadores morenos, desprezo este atiçado, talvez, pela histórica rivalidade que existiu, durante muito tempo, entre a cidade morena e a lendária capital de D. Aquino Corrêa e Rondon. Hodiernamente, inexiste mais razão de não se estudar e pesquisar sobre a vida e obra de Luiz Pinto Guimarães até por razão de soberana justiça.



Alhures, no final do ano de 1971, o saudoso senador Antonio Mendes Canale, então governador moreno, convidou a população campo-grandense para que, irmanada à curul executiva, se preparasse os festejos alusivos ao centenário de fundação da cidade. A população se manteve inerte à lembrança do burgomestre moreno, optando por ter como data maior morena o dia 26 de agosto, dia da criação do município, desprezando, pois, o feito humano em prol de uma ficção jurídica.



E Dourados? Como foi fundada? Por quem? Em que dia,mês e ano? Fundadores? Quais? Onde, em que local se ergueu o primeiro e histórico rancho ou singela construção? Originou-se de uma parada para descanso dos transportadores de erva mate para Concepcion? Foram os indígenas? De que nação? Quem era o cacique ou morubixaba?



Veja-se que se está escrevendo e interrogando sobre a fundação da cidade e fundação é essencialmente um ato originário da vontade e do esforço unicamente humanos, jamais se confundirá com o ato de criação de um patrimônio , paróquia ou distrito, que emergem de um texto legal, de uma lei especifica, desde que a parte interessada preencha determinados requisitos também definidos em lei!



Porque essa apatia, esse desinteresse do douradense, essa ausência de amor e bem querer à sua origem, a seu início, ao motivo de sua existência? Inda agora tivemos uma mostra deplorável desse desamor à Dourados, na verdade, uma hedionda agressão e ofensa gratuita ao que se tem como tradição cívica-histórica-cultural douradense com a edificação de tendas que transformou, por momentos horripilantes, a área do Douradão num medíocre Oásis de um Saara inexistente e sem um Berbere sequer de tradição junina própria de Dourados e do Brasil!



... assim foi ... assim é ... assim será ...

- o autor é advogado, poeta, cronista, ex-membro do Conselho Estadual de Cultura e atual detentor da medalha de mérito HEITOR MEDEIROS, que se lhe foi outorgada pelo plenário da OAB/MS,unânimemente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Últimas Notícias