Dourados – MS sábado, 19 de setembro de 2020
Dourados
30º max
20º min
DATAS COMEMORATIVAS

16 de maio, Dia do Gari

16 Mai 2016 - 11h00
"O que importa é ter um emprego fixo e uma renda fixa" - Francisco Alves da Silva. - Crédito: Foto: Carlos Buckholz/O Progresso"O que importa é ter um emprego fixo e uma renda fixa" - Francisco Alves da Silva. - Crédito: Foto: Carlos Buckholz/O Progresso
Um trabalho essencial, que exige responsabilidade e dedicação, muitas vezes é visto com maus olhos pela população. Sem esse profissional para recolher os resíduos que crescem em um curto espaço de tempo em todos os lugares, transitar pela cidade seria uma tarefa quase impossível. Para lembrar-se dessa profissão essencial no dia a dia de todas as cidades, anualmente, em 16 de maio, comemora-se o Dia do Gari.

Em entrevista para o Jornal O PROGRESSO, o gari Francisco Alves da Silva, 49, fala um pouco sobre sua profissão: "O que importa é ter um emprego fixo e uma renda fixa, não existe muito a comemorar no Dia do Gari, mas já é uma vitória poder dar o sustento para a minha família. Nossa maior dificuldade é que o povo douradense suja muito as ruas, ao invés de jogarem o lixo na lixeira, preferem jogar nas ruas, o que acaba atrapalhando nosso trabalho".


Francisco também diz que trabalha nesta profissão pelo motivo de ter apenas até o quarto ano do ensino fundamental, não teve muitas chances para poder estudar, e isso acabou o levando a ser um coletor de lixo na cidade. "Ser gari não é difícil, só temos que saber trabalhar com garra, eu gosto bastante da minha atual profissão".

O gari Zaqueu, diz: "Nós comemoramos o Dia do Gari trabalhando, é o que temos que fazer, se nós pararmos, a limpeza da cidade para também, tudo isso aqui ficaria muito poluído, a meu ver, não existem desafios nesta profissão, estamos todos os dias trabalhando, é tudo normal, como qualquer outro emprego no Brasil. Muitas pessoas gostariam de ter uma profissão como esta, nós só queremos uma valorização maior da sociedade".

Um dos trabalhadores, ainda preferiu não dar entrevista, ele afirmou que estava com vergonha da sua profissão, pois não achava uma vocação de emprego descente igual a outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias