Dourados – MS terça, 29 de setembro de 2020
Dourados
37º max
21º min
Coluna Águia da Fronteira

1,2 Milhão

08 Jan 2016 - 07h00
Após a divulgação e a repercussão do balanço anual do Departamento de Operações de Fronteira no ano de 2015, que retirou de circulação aproximadamente 150 milhões de reais em apreensões, novos números divulgados pela Assessoria de Comunicação impressionam pelo resultado alcançado pelos policiais do DOF. Segundo levantamento, no ano de 2015, cada policial do DOF foi responsável pela apreensão de mais de 1,2 milhão de reais em ilícitos na fronteira do Mato Grosso do Sul com o Paraguai e com a Bolívia. Nesses números estão incluídas apreensões de drogas, cigarro, confecções, brinquedos, perfumes e carros roubados, além de armas de fogo e materiais eletrônicos e cosméticos. Segundo a Assessoria de Comunicações, os policiais do DOF foram responsáveis ainda pela segunda maior apreensão de ecstasy no Brasil no ano de 2015, ficando atrás somente de uma apreensão da PF no aeroporto Internacional de Salvador na Bahia, que também foi a maior da história com aproximadamente 50mil comprimidos apreendidos. Os resultados foram alcançados graças aos investimentos realizados pelo governo do Estado, através da Secretária de Justiça e Segurança Pública do MS, na logística, inteligência e em especial na qualificação dos policiais do DOF e do DEFRON, através do Curso de Unidade Especializada de Fronteira (28º CUEF) e Curso de Especialização de Policiamento em Fronteiras (5º CEPFron), realizados no ano de 2015, além do comprometimento da Direção e dos policiais que prestam serviço na fronteira do Estado. “Os números nos impressionam, pois são mais de 1 milhão de reais apreendidos em ilícitos por cada um de nossos policiais em média no ano de 2015, o que demonstra que todos os investimentos estão sendo feitos corretamente, visando prestar sempre um melhor atendimento a comunidade fronteiriça e, retirar de circulação a maior quantidade possível de ilícitos, independentemente de seu porte, pois no montante, os números nos confirmam a descapitalização do crime na fronteira.” – complementa o Diretor do DOF, Coronel PM Ary Carlos Barbosa.


AGROTÓXICO CONTRABANDEADO


Na tarde de segunda-feira (04), policiais do DOF durante bloqueio policial na MS 156, próximo a cidade de Caarapó/MS, abordou um veículo Toyota Hilux de cor preta com placas de São Mateus do Sul/PR, conduzida por Marco Antônio Mazalotti Danguy de 45 anos, morador em Nova Mutum/MT sendo que em vistoria foi localizada na carroceria da caminhonete 100 quilos de agrotóxicos produto de contrabando do Paraguai. Sendo o condutor, havia carregado a carga na cidade de Sete Quedas/MS e teria pago pela mesma a quantia de 54mil reais. O caso foi registrado como contrabando na Delegacia de Polícia Federal de Dourados/MS.

VEICULO RECUPERADO


Na noite de segunda-feira (04), durante bloqueio policial na BR 267, próximo a cidade de Maracajú/MS, policiais do DOF realizaram a abordagem do veículo Ford Ká de cor prata com placas de Campo Grande/MS, conduzido por Julianderson Rafael da Costa Mendes de 20 anos, acompanhado pelo adolescente J.F.L. de 16 anos, ambos moradores no Bairro Aero Rancho em Campo Grande/MS, sendo que em checagem ao veículo foi constatado que o mesmo havia sido roubado na noite de domingo (03) na cidade de Campo Grande. Segundo o condutor receberia a quantia de 3mil reais para levar o veículo até o Paraguai, sendo que durante acareação a versão caiu por terra, sendo que as vítimas os identificaram como sendo os autores do roubo. O caso foi registrado primeiramente como receptação e posteriormente como roubo na delegacia de Maracaju/MS.

“TIA” DO TRAFICO


Policiais do DOF fizeram no final da tarde de terça-feira a prisão de Fanny Gloria Villas Boas Cabanas de 47 anos, por tráfico de drogas. O fato ocorreu por volta das 17hs de terça-feira (5), na BR 463 próximo ao trevo de Lagunita, sendo abordado um ônibus que fazia o itinerário Bela Vista X São Paulo/SP, sendo que em vistoria no ônibus foi localizado na lixeira do banheiro, 3 tabletes de pasta base de cocaína que após pesagem totalizaram 3 quilos da droga.


Durante entrevista aos passageiros, Fanny assumiu ter jogado a droga no banheiro ao parar no bloqueio policial, relatando que havia pego a droga em ponta Porã e levaria para Itajaí/SC, recebendo pelo transporte a quantia de 2mil reais. O caso foi registrado como tráfico de drogas na delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã/MS.


Mais informações sobre o DOF no site www.dof.ms.gov.br

Disque Denúncia DOF 0800-647-6300

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Últimas Notícias