Dourados – MS domingo, 28 de novembro de 2021
Dourados
34º max
19º min
Cassems - Rede Amo
Tecnologia

Reconhecimento facial deve movimentar R$ 50 bilhões em 2022

11 Nov 2021 - 16h30Por Tecmundo
Reconhecimento facial deve movimentar R$ 50 bilhões em 2022 -

A demanda global por sistemas de reconhecimento facial foi impulsionada pelo aumento com a preocupação da higiene sanitária. O mercado, que registrou um faturamento de US$ 3,78 bilhões (cerca de R$ 21 bilhões) em 2020, deve movimentar US$ 9,6 bilhões (R$ 53 bilhões) em 2022, de acordo com relatório da Allied Market Research.

A implementação da tecnologia tem sido limitada pelos altos custos e baixa precisão. No entanto, os avanços tecnológicos, em especial a integração com Inteligência Artificial (IA) e os serviços baseados em nuvem, poderão resolver o gargalo do setor e proporcionar uma rápida expansão nos próximos anos.

A biometria facial apresenta vantagens como ausência de contato físico e fácil implantação. Por isso, é a tecnologia biométrica mais usada para fins de segurança e de marketing, sendo utilizada tanto pelo setor público quanto pelo setor privado.

Usos do reconhecimento facial

O uso do reconhecimento facial está bem difundido na América do Sul. Segundo levantamento da Surfshark, 92% dos países utilizam a tecnologia. No Brasil, diversas forças de segurança pública, como a da Bahia, utilizam câmeras integradas com biometria facial para localizar e prender suspeitos.

A aplicação da tecnologia para garantir a segurança também está presente em condomínios residenciais. “O reconhecimento facial é um produto muito procurado atualmente por conta do receio de moradores e visitantes em tocar nos interfones” afirma Thiago Paulo, COO da Winker. O sistema, além de dar acesso a moradores e visitantes, também pode verificar o uso correto de máscaras e acompanhar o que as pessoas estão fazendo nas áreas comuns.

O reconhecimento facial também está sendo utilizado por grandes empresas e startups financeiras na automatização de processos bancários, como abertura de conta e análise de crédito e para agilizar o pagamento em estabelecimentos comerciais.

"Essa análise das imagens, antes feita através do olho humano, agora é validada por meio de um drive de acuracidade", explica Thiago de Assis, CEO da Stoque. A startup Payface, por exemplo, usa a tecnologia para dispensar a necessidade de apresentar cartão, diminuir filas e evitar o contato físico nos supermercados Angeloni, em Florianópolis (SC), e Super Muffato, em Londrina (PR), além da Drogaria Iguatemi, em São Paulo (SP).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Apple vai indenizar cliente brasileiro que teve iPhone roubado
Tecnologia

Apple vai indenizar cliente brasileiro que teve iPhone roubado

25/11/2021 15:30
Apple vai indenizar cliente brasileiro que teve iPhone roubado
Audi inaugura House of Progress, hub de inovação, tecnologia e cultura
Tecnologia

Audi inaugura House of Progress, hub de inovação, tecnologia e cultura

18/11/2021 17:30
Audi inaugura House of Progress, hub de inovação, tecnologia e cultura
Saiba mais sobre o “metaverso”, nova tecnologia lançada pelo Facebook
tecnologia

Saiba mais sobre o “metaverso”, nova tecnologia lançada pelo Facebook

15/11/2021 17:02
Saiba mais sobre o “metaverso”, nova tecnologia lançada pelo Facebook
Aplicativo agiliza trabalhos da fiscalização ambiental do Imasul
tecnologia

Aplicativo agiliza trabalhos da fiscalização ambiental do Imasul

15/11/2021 13:30
Aplicativo agiliza trabalhos da fiscalização ambiental do Imasul
Telescópio a ser lançado em dezembro deve revolucionar astronomia
tecnologia

Telescópio a ser lançado em dezembro deve revolucionar astronomia

13/11/2021 15:31
Telescópio a ser lançado em dezembro deve revolucionar astronomia
Últimas Notícias