Dourados – MS terça, 21 de setembro de 2021
Dourados
39º max
22º min
Institucional - Setembro
Tecnologia

Nintendo 3DS tem alta procura em lançamento no Japão

28 Fev 2011 - 18h40
Toyohisa Ishihara, primeiro comprador do Nintendo
3DS, no Japão - Crédito: Foto: Yuriko Nakao/ReutersToyohisa Ishihara, primeiro comprador do Nintendo 3DS, no Japão - Crédito: Foto: Yuriko Nakao/Reuters
Os fãs dos videogames chegaram às lojas do Japão bem cedo no sábado (26) para adquirir o Nintendo 3DS, o novo aparelho portátil da Nintendo com capacidade 3D. Em poucas horas, o aparelho esgotou nas lojas, mas analistas acreditam que as vendas do videogame podem sofrer, em longo prazo, com a concorrência dos smartphones e dos computadores tablet.

O Nintendo 3DS, que será lançado no dia 27 de março nos Estados Unidos, atraiu interesse como o primeiro aparelho de videogame a oferecer jogos 3D que não requerem óculos especiais, e tem a vantagem de estar chegando ao mercado 10 meses antes do rival da Sony, que tem o nome provisório de Next Generation Portable (NGP).

A Nintendo, cuja sede fica na antiga capital japonesa Kyoto, manteve sua velha e confiável fórmula – um aparelho portátil para videogames, com software vendido em cartuchos a preço de US$ 30 ou mais.

Ela funcionou para o DS original, lançado em 2004, que atraiu todo tipo de consumidores, de crianças a idosos. Mas os jogadores casuais agora têm a opção de jogos gratuitos ou baratos disponíveis em aparelhos móveis como o Apple iPhone ou os baseados no sistema operacional Google Android.

A rival Sony, cujo PlayStation Portable (PSP) jamais conseguiu acompanhar o DS, também pretende participar da disputa, e anunciou no mês passado que lançaria alguns de seus jogos para aparelhos de outras companhias que operam com o Android, além de ter oferecido um novo sistema para o desenvolvimento de jogos casuais, uma estratégia que acarreta certos riscos.

\"A oferta de jogos do PlayStation pela Sony em outras plataformas significa que em longo prazo eles venderão menos hardware\", disse David Gibson, diretor de pesquisa de ações da Macquarie Securities, em Tóquio. \"A vantagem competitiva da Nintendo é que ela desenvolve hardware e software. Não creio que vejamos mudanças na estratégia da Nintendo em longo prazo, mas devido aos celulares inteligentes eles já não verão o mesmo crescimento que tiveram no passado\", acrescentou.

A Nintendo antecipa que não menos de quatro milhões de unidades do DS sejam vendidas até 31 de março. O DS original teve vendas mundiais de 145 milhões de unidades no ano passado.

#####Aparelho já tem jogos piratas
Após dois dias de lançamento, o Nintendo 3DS já possui games piratas. Empresas que desenvolvem softwares e aparelhos para desbloquear o portátil já apresentam soluções e, uma dos métodos mais conhecidos, os cartuchos R4, já funcionam o aparelho.

Este tipo de cartucho, no qual pode receber cartões microSD com diversos games armazenados para rodar no videogame, é comum no Nintendo DS tradicional. Entretanto, como no modelo anterior não era possível atualizar o firmware por meio da internet, a Nintendo confiou nas empresas para criarem sistemas de segurança contra a pirataria.

Já no Nintendo 3DS, é possível atualizar o sistema, o que pode ajudar no combate dos jogos ilegais.

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Robô substitui agrotóxicos por laser para remover “ervas daninhas”
Tecnologia

Robô substitui agrotóxicos por laser para remover “ervas daninhas”

17/09/2021 13:30
Robô substitui agrotóxicos por laser para remover “ervas daninhas”
Empresa cria boné solar, que pode carregar seu celular
Tecnologia

Empresa cria boné solar, que pode carregar seu celular

13/09/2021 08:30
Empresa cria boné solar, que pode carregar seu celular
Barbosinha destaca importância de programa que leva internet para áreas rurais de MS
Tecnologia

Barbosinha destaca importância de programa que leva internet para áreas rurais de MS

08/09/2021 09:30
Barbosinha destaca importância de programa que leva internet para áreas rurais de MS
Geladeira Solar é fabricada no Brasil com autonomia de 36 horas sem Sol e já vendeu mais de 2.000 unidades
Tecnologia

Geladeira Solar é fabricada no Brasil com autonomia de 36 horas sem Sol e já vendeu mais de 2.000 unidades

07/09/2021 16:00
Geladeira Solar é fabricada no Brasil com autonomia de 36 horas sem Sol e já vendeu mais de 2.000 unidades
Brasil vai contar com laboratório para testes de baterias de carros elétricos
Tecnologia

Brasil vai contar com laboratório para testes de baterias de carros elétricos

06/09/2021 13:30
Brasil vai contar com laboratório para testes de baterias de carros elétricos
Últimas Notícias