Dourados – MS sábado, 13 de abril de 2024
24º
Tecnologia

Grupo estuda como transformar moléculas orgânicas em eletricidade, combustível e matéria-prima industrial

Mais conhecido por glicerina, seu nome comercial, o glicerol é um composto derivado de óleos e gorduras, usado na indústria química

03 Abr 2022 - 09h45Por Agência FAPESP*
Experimentos conduzidos no Centro de Inovação em Novas Energias visam promover a transformação de glicerol e metanol por meio de uma reação eletroquímica conhecida como eletroxidação (imagem: - Crédito: CINE/divulgaçãoExperimentos conduzidos no Centro de Inovação em Novas Energias visam promover a transformação de glicerol e metanol por meio de uma reação eletroquímica conhecida como eletroxidação (imagem: - Crédito: CINE/divulgação

 Pesquisadores do Centro de Inovação em Novas Energias (CINE) e colaboradores utilizaram um tipo de reação eletroquímica conhecido como eletroxidação para promover a transformação de moléculas orgânicas, como glicerol e metanol, e gerar hidrogênio, eletricidade e outras substâncias que podem servir de matéria-prima para a indústria.

O CINE é um Centro de Pesquisa em Engenharia (CPE) constituído por FAPESP e Shell. Tem sedes na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), na Universidade de São Paulo (USP) e no Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen).

Mais conhecido por glicerina, seu nome comercial, o glicerol é um composto derivado de óleos e gorduras, usado na indústria química. Atualmente, é obtido principalmente a partir da produção de biodiesel. A cada mil litros de combustível gerados a partir de óleos vegetais ou gordura animal, sobram cerca de 100 litros de glicerol. Diante de um possível aumento na produção de biocombustíveis no futuro, torna-se necessário encontrar novos usos para o glicerol, que pode se converter em importante poluente se descartado no ambiente.

Nos estudos coordenados por Elton Sitta, professor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foram realizados experimentos em células eletroquímicas, dispositivos formados por dois eletrodos e uma solução chamada de eletrólito. Os pesquisadores utilizaram platina em um dos eletrodos, onde ocorrem as reações de eletroxidação, um processo escalável, possível de gerar eletricidade e novas moléculas.

No primeiro trabalho, publicado na revista Electrochimica Acta em 2021, os autores estudaram em detalhe a eletroxidação do glicerol em sistemas com diferentes eletrólitos alcalinos.

Por meio do uso de técnicas que estão sendo aprimoradas por pesquisadores do CINE, sob coordenação do professor da Unicamp Pablo Sebastián Fernández, foi possível coletar amostras da superfície do eletrodo enquanto as reações ocorriam e identificar e quantificar as substâncias. Dessa forma, os autores observaram a formação de glicerato e lactato, compostos utilizados nas indústrias farmacêutica, cosmética e têxtil.

O segundo trabalho trata dos fenômenos complexos que geram oscilações na eletroxidação do metanol. A pesquisa conseguiu identificar, mapear e explicar essas oscilações. Totalmente realizado na UFSCar, o trabalho foi destaque de capa da revista Physical Chemistry Chemical Physics. O metanol é um álcool que pode ser extraído da madeira ou de sobras de reflorestamento, mas atualmente é fabricado a partir do gás natural.

Por meio da compreensão dos fenômenos fundamentais que ocorrem na eletroxidação dessas substâncias, as pesquisas podem contribuir para o desenvolvimento de tecnologias de produção de combustíveis, eletricidade e matérias-primas a partir de fontes renováveis usando processos limpos e escaláveis.

“O uso de moléculas orgânicas como glicerol e metanol é uma alternativa interessante à oxidação da água na produção de hidrogênio”, explica o professor Sitta. “Em geral, é mais fácil oxidar essas moléculas do que a água para fornecer os elétrons necessários para a formação de hidrogênio.”

O hidrogênio é utilizado na indústria alimentícia e também em veículos ainda experimentais com células a combustível, equipamentos que extraem elétrons do hidrogênio e fornecem energia a motores elétricos.

O artigo Glycerol electro-oxidation at Pt in alkaline media: influence of mass transport and cations pode ser encontrado em: www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S001346862101608X?via%3Dihub.

Já o estudo  Oscillatory dynamics during the methanol electrooxidation reaction on Pt pode ser lido em: https://pubs.rsc.org/en/content/articlelanding/2021/CP/D1CP02490F.

* Com informações da Assessoria de Imprensa do CINE.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Energia solar no Centro-Oeste supera marco histórico em 2024
Tecnologia

Energia solar no Centro-Oeste supera marco histórico em 2024

12/04/2024 13:15
Energia solar no Centro-Oeste supera marco histórico em 2024
Com cogumelos, startup sul-mato-grossense mira mercado de proteínas alternativas
Ciência e Tecnologia

Com cogumelos, startup sul-mato-grossense mira mercado de proteínas alternativas

11/04/2024 12:00
Com cogumelos, startup sul-mato-grossense mira mercado de proteínas alternativas
Pesquisa mostra que 61% dos consumidores aprovam a interação com chatbots
Tecnologia

Pesquisa mostra que 61% dos consumidores aprovam a interação com chatbots

10/04/2024 18:15
Pesquisa mostra que 61% dos consumidores aprovam a interação com chatbots
Como saber se a velocidade da internet é ideal para minha residência?
Tecnologia

Como saber se a velocidade da internet é ideal para minha residência?

09/04/2024 13:30
Como saber se a velocidade da internet é ideal para minha residência?
Tecnologia

Bloqueio de Anúncios: Como Melhorar a Navegação e Proteger Seus Dados

09/04/2024 07:53
Últimas Notícias