Dourados – MS segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32º max
15º min
Tecnologia

Debate sobre tecnologia e inovação encerra segundo dia de Business Meeting

Palestrantes internacionais apresentaram modelos de aplicação de tecnologia e inovação

01 Jun 2022 - 11h45Por Assessoria/Fiems
os painéis foram realizados de forma híbrida, com alguns palestrantes participando por videoconferência - Crédito: Divulgaçãoos painéis foram realizados de forma híbrida, com alguns palestrantes participando por videoconferência - Crédito: Divulgação

O Sistema Fiems realizou, na terça-feira (31/05), o último dia do “Business Meeting - Papo de Negócios”. Palestrantes internacionais apresentaram modelos de aplicação de tecnologia e inovação, além de debater o futuro da indústria a partir destas transformações. Mediados pelo gerente da Startup do Sistema Fiems, Odilon Moura, os painéis foram realizados de forma híbrida, com alguns palestrantes participando por videoconferência.

A primeira apresentação do dia foi da professora Birgitte Andersen, diretora do Big Innovation Centre, de Londres, que falou sobre Inteligência Artificial e aplicação de blockchain (protocolo de segurança) na indústria. A tecnologia de registro distribuído visa a descentralização como medida de segurança e é vista como a principal inovação do bitcoin.

Para a palestrante é necessário entender o propósito e a importância de investir em blockchain, além de definir em quais âmbitos a tecnologia será utilizada de forma benéfica. “Precisamos pensar quais as nossas prioridades. Mudanças climáticas? Saúde? No final das contas tudo tem a ver com pessoas”, ressaltou.

Indústria do Futuro

Os professores da IPCA (Polytechnic Institute of Cávado and Ave), de Portugal, Antônio Moreira e João Borges, apresentaram as tecnologias desenvolvidas especialmente para o uso doméstico.

Antônio Moreira ressaltou que pesquisas práticas na área exigem investimentos. “Para a construção da sede do Laboratório 2Ai Center - Applied Artificial Intelligence serão feitos investimentos de US$ 4 milhões apenas em inteligência artificial”.

Apesar do custo milionário para a obra, João Borges destacou as vantagens das aplicações a longo prazo em termos de orçamento. “A inteligência artificial já pode ajudar a reduzir o custo substancial na produção”, destacou.

Para debater os desafios tecnológicos para a inovação, o evento contou com o diretor e criador da Slidelog, Pedro Lopes. A empresa que administra é focada em automação de logística e sistemas integrados com projetos em Portugal, Espanha e Brasil.

Lopes destacou a necessidade de utilizar as informações disponíveis para tornar as  tecnologias mais ágeis e inteligentes e garantir fluidez à produção. “Um dos grandes segredos da indústria 4.0 é saber utilizar os dados que estão disponíveis. Eles nos ajudam a tomar decisões”, ressaltou. O empresário destacou ainda a infinidade de tecnologias disponíveis para otimizar a produção em escala industrial. “Nunca foi possível fazer tanto com tão pouco”.

Também participou do debate o gerente do Senai Empresa, Thales Saad. Além de apresentar a estrutura de inovação da instituição, ele destacou a necessidade de estimular as indústrias a investir em novas tecnologias. “Mais da metade das indústrias não tem o setor de inovação. O desafio é planejar a inovação. É preciso implantar essa cultura”, ressaltou.

Ambiente propício para inovação

Na palestra “Negócios que nascem com olhar para o Mundo”, o presidente da TecParques, Hugo Coelho, de Portugal, apresentou o ecossistema de inovação criado na cidade de Aveiro.

Formado pela colaboração de diversos agentes como aceleradoras, startups, fundos de venture capital, parques tecnológicos, grandes empresas de tecnologia, associações, governo e universidades, um ecossistema trabalha com o mesmo propósito.

Conforme Coelho, a estrutura colaborativa de Aveiro foi pensada há mais de 20 anos e envolve uma rede integrada de competitividade, formada pelo tecido empresarial, sistema científico e educação, além de políticas públicas. “É preciso basear a construção do ecossistema nas potencialidades da região”.

Entre os benefícios de um ecossistema de inovação está a colaboração entre pessoas e instituições; proximidade de todos os atores; alinhamento de estratégia; ganho de escala, e redes nacionais e internacionais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Projeto 60+: Inclusão digital da melhor idade já está presente em 16 cidades de MS
Internet

Projeto 60+: Inclusão digital da melhor idade já está presente em 16 cidades de MS

30/06/2022 15:15
Projeto 60+: Inclusão digital da melhor idade já está presente em 16 cidades de MS
Avanços tecnológicos na mobilidade urbana prometem mais qualidade de vida
Tecnologia

Avanços tecnológicos na mobilidade urbana prometem mais qualidade de vida

30/06/2022 09:45
Avanços tecnológicos na mobilidade urbana prometem mais qualidade de vida
CCT do Senado vota projeto que institui Política Nacional de Inteligência Artificial
Tecnologia

CCT do Senado vota projeto que institui Política Nacional de Inteligência Artificial

29/06/2022 08:15
CCT do Senado vota projeto que institui Política Nacional de Inteligência Artificial
Em 10 anos, inteligência artificial pode ter sentimento, diz executivo
Tecnologia

Em 10 anos, inteligência artificial pode ter sentimento, diz executivo

24/06/2022 17:00
Em 10 anos, inteligência artificial pode ter sentimento, diz executivo
Google anuncia 500 mil bolsas de estudo para jovens
Tecnologia

Google anuncia 500 mil bolsas de estudo para jovens

21/06/2022 11:35
Google anuncia 500 mil bolsas de estudo para jovens
Últimas Notícias