Dourados – MS terça, 29 de setembro de 2020
Dourados
37º max
21º min
Oportunidade

Vendas de imóveis seguem aquecida mesmo na pandemia em Dourados

Busca por moradia mais adequada ao estilo de vida manteve a venda de imóveis aquecida

04 Set 2020 - 08h05
Vendas de imóveis seguem aquecida mesmo na pandemia em Dourados - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

A venda de imóveis segue aquecida mesmo com a pandemia, em Dourados. Entre os principais fatores per cebidos por quem atua na comercialização, estão a nova percepção dos consumidores sobre morar bem, a queda na taxa de juros que incentiva financiamentos por aqueles que já se preparavam para a compra e a maior segurança oferecida pelo mercado aos investidores.

Passar mais tempo em casa devido às medidas de distanciamento social, voltou os olhares dos consumidores para a aquisição de imóveis mais compatíveis com seu estilo de vida. “O entendimento que eles tinham do que é morar bem está mudando, por perceberem que isso tem a ver com qualidade de vida também. Espaços para trabalho e áreas de lazer confortáveis são ainda mais valorizadas a partir desse período”, afirma Luciano Santos, arquiteto há 20 anos e sócio da APX³ Imobiliária, que atua na venda de imóveis e consultoria.


No caso dos imóveis de alto padrão, as vendas não sofreram impacto, mas tornaram os consumidores mais exigentes. Já nos de médio – que geralmente inclui imóveis com valor de mercado próximo a R$ 500 mil -, a especulação pelos clientes que estava mais tímida, voltou a acontecer. As moradias populares surpreenderam com a continuidade das compras, especialmente influenciadas pela queda na taxa de juros para financiamento a partir de programas sociais, que tiveram os valores alterados.

A redução da taxa básica de juros (Selic) também está estimulando a compra de imóveis por investidores que tem como objetivo alugar ou revender no futuro. Como Dourados tem a economia movimentada pelo agronegócio - que está entre os setores menos impactados pelas consequências da pandemia -, o mercado imobiliário considerado estável tem atraído quem está em busca de mais segurança para aplicação dos recursos e controle pelos bens adquiridos.

“Dourados é considerada uma praça atípica. Com exceção de poucos períodos, aqui não temos uma supervalorização repentina dos imóveis, mas também não temos uma depreciação. É um mercado mais constante. Com o agronegócio e as exportações se mantendo, investidores tem nos procurado como alternativa para aplicar os recursos parados no banco, em busca da segurança e controle sobre os bens adquiridos neste período de instabilidade em outras áreas”, afirma Fernando Caetano, corretor de imóveis há 10 anos e sócio da APX³ Imobiliária.


A demanda gerada por aqueles que compram para morar ou investir, também influencia nas inovações feitas pelo mercado que a cada ano se torna mais especializado. “Muitas vezes nós recebíamos um cliente no escritório de arquitetura que tinha comprado um terreno imaginando um projeto e quando ele chegava até nós, percebíamos que o local não era compatível com a proposta dele”, afirma Luciano.

A necessidade de uma visão integrada, motivou a criação da APX³ Imobiliária que atua com consultores que proporcionam a avaliação considerando desde o projeto arquitetônico à construção, através das conexões do APPEX Group. Este compõe a LSA Arquitetura, APX³ Imobiliária e está em fase de desenvolvimento de projetos com a APPEX Incorporadora, com sede em Dourados e atuação em outros Estados brasileiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Itaporã

Idoso que sofria de Alzheimer é encontrado morto em valetão

28/09/2020 08:15
MS sofre resultado das aglomerações de 7 de setembro e registra 652 novos casos
Covid-19

MS sofre resultado das aglomerações de 7 de setembro e registra 652 novos casos

23/09/2020 13:51
MS sofre resultado das aglomerações de 7 de setembro e registra 652 novos casos
Ofensas raciais em grupo de whatsapp geram dano moral decide TJMS
Condenação

Ofensas raciais em grupo de whatsapp geram dano moral decide TJMS

19/09/2020 10:09
Ofensas raciais em grupo de whatsapp geram dano moral decide TJMS
MS registra 331 novos casos de coronavírus
Covid-19

MS registra 331 novos casos de coronavírus

14/09/2020 16:01
MS registra 331 novos casos de coronavírus
Incêndio atinge área do Porto de Beirute um mês após grande explosão
Internacional

Incêndio atinge área do Porto de Beirute um mês após grande explosão

10/09/2020 14:11
Incêndio atinge área do Porto de Beirute um mês após grande explosão
Últimas Notícias