Dourados – MS terça, 20 de fevereiro de 2024
24º
Cassems
Trânsito

Exame toxicológico volta a ser exigido e deve ser realizado até dia 28 de dezembro

22 Nov 2023 - 09h15Por Portal do Trânsito
O Contran estabeleceu o prazo de até o dia 28 de dezembro para que condutores que estejam com o exame toxicológico periódico vencido, regularizem a situação - Crédito: Agência BrasilO Contran estabeleceu o prazo de até o dia 28 de dezembro para que condutores que estejam com o exame toxicológico periódico vencido, regularizem a situação - Crédito: Agência Brasil

O exame toxicológico voltará a ser exigido para os condutores com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Por isso, os motoristas profissionais precisam ficar atentos à resolução nº 1.002 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Ela estabeleceu o prazo de até o dia 28 de dezembro para que condutores que estejam com o exame toxicológico periódico vencido, regularizem a situação.
A exigência para a realização dos exames foi suspensa pela Medida Provisória n° 1153, de 2022. O exame toxicológico voltou a ter exigência após a publicação da Lei nº 14.599 de 2023, que fez alterações no artigo 148 do CTB.

Caso os condutores não realizem o exame toxicológico até o prazo, eles terão penalização de sete pontos na CNH. Assim como, uma multa no valor de R$ 1.467,35.

“A penalidade será aplicada para os condutores que forem flagrados sem terem realizado o exame, violando o artigo 148 do CTB, e também serão penalizados por infringir o artigo 165-B do CTB, que prevê multa por dirigir veículo sem realizar o exame toxicológico”, afirmou Daniel Celestino, gerente de Controle de Condutores, Veículos e Infrações do Detran.

O exame toxicológico analisa se os condutores consumiram algum tipo de substância psicoativa que comprometa a capacidade de direção. A janela de detecção mínima é de 90 dias, como estabelece o Contran. Caso o motorista conduza o veículo e o resultado do exame for positivo, ele terá punição. Esta também é uma infração gravíssima, resultando em 7 pontos na CNH e multa de R$ 1.467,35.

Os condutores das categorias C, D e E devem repetir o exame a cada dois anos e seis meses a partir da primeira ou da renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além disso, após o exame perder a validade, os motoristas ainda terão até 30 dias para refazê-lo.

As informações são de João Victor Barroso / Ascom Detran-AL

Deixe seu Comentário

Leia Também

Para agilizar liberação de veículos, Detran implanta guichê de atendimento nos pátios credenciados
Campo Grande

Para agilizar liberação de veículos, Detran implanta guichê de atendimento nos pátios credenciados

20/02/2024 16:00
Para agilizar liberação de veículos, Detran implanta guichê de atendimento nos pátios credenciados
Publicada lista de advertidos e multados entre 21 e 31 de janeiro
Detran-MS

Publicada lista de advertidos e multados entre 21 e 31 de janeiro

16/02/2024 19:15
Publicada lista de advertidos e multados entre 21 e 31 de janeiro
Inscrições para participar do programa Detranzinho de 2024 vão até 22 de fevereiro
Detran-MS

Inscrições para participar do programa Detranzinho de 2024 vão até 22 de fevereiro

16/02/2024 08:30
Inscrições para participar do programa Detranzinho de 2024 vão até 22 de fevereiro
Lombadas e semáforos passam a emitir multa a partir de sexta-feira
Trânsito

Lombadas e semáforos passam a emitir multa a partir de sexta-feira

14/02/2024 13:00
Lombadas e semáforos passam a emitir multa a partir de sexta-feira
Detran-MS abre inscrições para curso de formação de instrutores de trânsito
Oportunidade

Detran-MS abre inscrições para curso de formação de instrutores de trânsito

14/02/2024 09:00
Detran-MS abre inscrições para curso de formação de instrutores de trânsito
Últimas Notícias